in ,

McDonald’s e Starbucks começam a testar copos inteligentes

A McDonald’s e a Starbucks vão começar a testar, em diferentes restaurantes da Califórnia, nos Estados Unidos da América, um novo sistema de recolha, limpeza e distribuição de copos de café de plástico.

Com base no projeto da NextGen Cup Challenge, ambas as multinacionais vão começar a testar copos com um chip RFID incorporado ou um código QR para permitir a sua rastreabilidade,

Todos os anos, as duas cadeias vendem milhares de milhões de copos de papel com uma tampa de plástico, o que não é benéfico em termos ambientais. Esta mudança nos copos tem por fim atingir os objetivos em matérias de sustentabilidade estabelecidos quer pela McDonald’s quer pela Starbucks.

A NextGen quer que os copos sejam duradouros e criar um sistema de reutilização. Isto significaria a sua recolha, limpeza, redistribuição e rastreamento digital, num processo que também ajudaria a conhecer as taxas de reutilização e desgaste. Em teoria, permitiria identificar as áreas onde se estão a adquirir bebidas, sem devolver os copos, o que poderia indicar a necessidade de instalar mais pontos de recolha.

No projeto estão a participar duas startups que vão utilizar este teste para ampliar a sua logística e conceber o conceito do que seria a execução de um sistema de reutilização a nível mundial. A Muuse, localizada em São Francisco, disponibiliza copos com um código QR impresso, que os consumidores podem digitalizar quando recolhem e devolvem os copos. Já a CupClub, de Palo Alto, disponibiliza copos destinados a ser facilmente colocados em pontos de recolha de cor amarelo brilhante, dispersos por toda a cidade. Estes copos  têm etiquetas RFID, que podem ser digitalizadas ao longo do seu percurso.

Biedronka de olho na Roménia

Mango bate novo recorde de vendas online