A REVISTA DOS NEGÓCIOS DA DISTRIBUIÇÃO

A REVISTA DOS NEGÓCIOS DA DISTRIBUIÇÃO

Clube do Grande Consumo

A introdução progressiva da tecnologia, não necessariamente de forma discreta nas nossas vidas, tem levado, e vai continuar a levar, a mudanças mais ou menos imediatas no modo como nos relacionamos com os objetos que adquirimos. Uma verdadeira “revolução industrial” cujo término ninguém pode, com propriedade, afirmar como vai ser concluída.

Se os valores envolvidos no dinâmico mundo do retalho sempre se pautaram por muitos zeros à direita, os montantes que os operadores “pure players” vieram aportar a este negócio tornam-no verdadeiramente faraónico. Mas não necessariamente mais totalizador, já que é essa mesma tecnologia que permitiu a muitos pequenos negócios darem um ar de sua graça e chegarem, de forma direta, a muitos consumidores, geograficamente mais ou menos próximos de si, eliminando a intermediação de um distribuidor. Diferentes dimensões, ambições distintas, fitos comuns: vender a quem quer comprar e ganhar dinheiro. Realidades desenhadas quotidianamente através da “ditadura das máquinas” cujas capacidades não nos param de surpreender de tão elaborado que é o seu “raciocínio” e, sobretudo, capacidade preditiva, e decisiva, para muitas situações do negócio.

Comércio que, na China, apresenta ideias verdadeiramente disruptivas, inovadoras e que prometem elevar a parada para patamares nunca antes vistos. Se há uns anos atrás, a chegada ao mercado dos aparelhos de GPS gerou um enorme “boom” de vendas, hoje, a revolução chega com aquilo que já se tornou uma comodidade incontornável da nossa vida. Os “smartphones” são a peça dessa mesma mudança de comportamentos, hábitos e registos, servindo, entre outras muitas coisas, para abrir a porta das lojas Auchan Minute, na China, e, por seu intermédio, conduzir o “shopper” no mundo do consumo digital que ali se propicia. Um conceito de lojas sem operadores, onde o digital e a transformação tecnológica, na combinação das suas várias valências, conduzem o utilizador para uma experiência de compra, no mínimo, alternativa.

Mas, se nesta mesma edição da Grande Consumo damos a conhecer a vanguarda do retalho em termos de tendências à escala mundial, não menos verdade é que, por outro lado, é o apelo do tradicional e da conveniência que também continua a resgatar terreno perdido. Uma dicotomia difícil de explicar, em que, ao mesmo tempo em que nos alineamos com tudo o que conseguimos fazer com o toque de um botão, buscamos refúgio no sorriso de um estranho que nos entrega as compras (em saco de papel, claro!).

E o comércio de proximidade continua a querer crescer, ser atual e mais premente, sem perder a oportunidade de modernizar as suas lojas com a introdução de recursos tecnológicos, sejam eles de frente de loja ou de apoio à gestão, mas sempre com a âncora do que é a génese de todo o comércio: o convívio humano.

Queremos a eficácia das máquinas, a precisão dos algoritmos, mas ainda nos diz algo (creio) o sorriso e a confiança de quem nos serve. Nem que seja para, qual gesto simples, nos trazer as compras (compradas online) a casa ou uma refeição quente naqueles dias mais duros ou em que a preguiça é demasiada para ser vencida.

Não consigo deixar de ficar deslumbrado à medida que os “pure players” nos seduzem com a miríade de possibilidades que a sua proposta de valor pode aportar às nossas vidas, mas continuo a preferir ir escolher, por mim, a fruta que como ou ouvir o conselho de um vinho na mercearia da rua onde cresci. Uma como tantas outras por esse mundo fora, mas onde o facto de ser uma “cara conhecida” faz com que não me importe de pagar o custo da menor escala e independência.

7 Maio 2019
Bruno Farias
Diretor Grande Consumo

Galeria de Imagens

Videos

Últimos Artigos

  • in

    Media Markt vende através do eBay

    A Media Markt Iberia ampliou os seus canais de venda graças a um acordo com o eBay. O projeto arrancou no final de 2018, em algumas lojas selecionadas em Espanha. Atualmente, está já disponível em 87 espaços. Para Samuel Debeaupte, diretor regional da Media Markt Iberia e responsável pelo projeto, “esta aliança com o eBay […] Saber mais

  • in

    Auchan abandona o Vietname

    Após ter a sua saída de Itália, a Auchan vai também abandonar o Vietname, país onde estava presente desde 2015. Segundo o CEO da empresa, Edgar Bonte, o grupo decidiu vender as 18 lojas que possui no mercado vietnamita e que, no ano passado, registaram uma faturação de 45 milhões de euros, mas que “geram […] Saber mais

  • in

    Nestlé negoceia a venda da sua divisão dermatológica Nestlé Skin Health

    A Nestlé negociou com um consórcio liderado pela EQT e uma subsidiária de propriedade absoluta da Autoridade de Investimento de Abu Dhabi (ADIA) a venda da Nestlé Skin Health, por 10.200 milhões de francos suíços (cerca de 9.055 milhões de euros), conforme relatado pela multinacional em comunicado. Esta divisão de negócios registou vendas líquidas de […] Saber mais

  • Publicidade

  • in ,

    Devoluções aumentam 8% na Europa

    As devoluções crescem na Europa. Este ano, o número de pedidos devolvidos aumentou 8%, em relação ao mesmo período do ano passado. Ao mesmo tempo, o percentual de empresas que oferecem entrega grátis aumentou em 3%. Estas são algumas das principais conclusões do “DynamicAction Retail Index: Spring of 2019”, que oferece uma visão geral dos […] Saber mais

  • in

    Douglas fatura 1.950 milhões de euros

    Douglas faturou 1.950 milhões de euros, nos primeiros seis meses do seu ano fiscal, o que significa um aumento de 4,8% em relação ao mesmo período do exercício anterior. A empresa lembra que o importante resultado gerado, no ano passado, no mês de março, graças à Semana Santa, este ano será refletido no mês de […] Saber mais

  • in

    Europa adota novas regras para vinificação

    Bruxelas adoptou novas regras para simplificar e clarificar as práticas de produção de vinho na União Europeia. Este é o último passo da parte da Comissão Europeia na adaptação da legislação vitivinícola ao Tratado de Lisboa. Em especial, a nova legislação simplifica os requisitos existentes no sector vitivinícola, aumentando simultaneamente a coerência entre, por um […] Saber mais

  • in

    Primeiro português à frente das operações da Imperial Tobacco para Portugal e Andorra

    Miguel Bandeira Simões assume as funções de General Manager para Portugal e Andorra na Imperial Tobacco e torna-se o primeiro português a ocupar este cargo na multinacional britânica. Na Imperial Portugal, o gestor pretende criar uma escola de vendas de referência no sector, com um portfólio rentável e adequado aos novos desafios que se colocam […] Saber mais

  • in

    Quinta da Pacheca declara 2017 ano vintage

    A Quinta da Pacheca volta a declarar 2017 como ano vintage. É a quarta vez nesta década que a empresa duriense faz esta declaração (2013, 2014, 2016 e 2017). O Quinta da Pacheca Porto Vintage 2017 foi produzido com uvas provenientes das vinhas mais velhas da Quinta da Pacheca, onde predominam as castas tradicionais do […] Saber mais

  • in

    Bons resultados para a JD.com

    A JD.com faturou 121.081 milhões de yuans (15.798 milhões de euros) durante o primeiro trimestre, o que representa um aumento de 20,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. Dessas receitas, as relativas a produtos foram de 108.651 milhões de yuans (14.176 milhões de euros), 18,7% mais, enquanto as obtidas pelos serviços chegaram aos […] Saber mais

Carregar mais
Congratulations. You've reached the end of the internet.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Back to Top
Close Add post

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy