A REVISTA DOS NEGÓCIOS DA DISTRIBUIÇÃO

A REVISTA DOS NEGÓCIOS DA DISTRIBUIÇÃO

Clube do Grande Consumo

Armando Mateus, Chief Experience Office Touchpoint Consulting

Falar de inovação é falar de uma dicotomia entre velocidade e descoberta, como se Júlio Verne tivesse criado uma nova aventura, onde a importância de dar a “Volta ao Mundo em 80 dias” se junta à descoberta de novos mundos e novos reinos numa engenhosa viagem de “Cinco Semanas em Balão”.

A história do grande consumo encontra-se marcada por um conjunto de verdadeiras inovações e por inovações que, se calhar, não o são realmente, umas por acaso, outras fruto de muita investigação, muito trabalho e grandes investimentos.

Quando Samuel Fergusson partiu rumo a Zanzibar, num balão de ar quente, tinha como objetivo atravessar o continente africano numa linha paralela ao Equador, de forma a descobrir a nascente do grande rio Nilo e a região central de África, na altura ainda uma incógnita nas cartas geográficas de África. Seria, na linguagem atual, um prodígio da imaginação, uma inovação disruptiva que se guiava por trazer novos mundos ao mundo, na senda das grandes descobertas.

A utilização do Victoria (um balão de hidrogénio) era, desde logo, uma inovação, a utilização de um tal engenho no início do século XIX, a época dourada das grandes explorações do continente africano. Tal como qualquer empreendedor, ou cientista moderno, Fergusson reuniu-se dos melhores, o seu fiel criado Joe Wilson e Dick Kennedy, um intrépido caçador escocês. O grande aventureiro sabia que, apenas com uma grande equipa, iria conseguir enfrentar as dificuldades e ser bem-sucedido.

 

Ser disruptivo

Ser disruptivo significa ir mais longe, significa trazer ao mundo uma nova visão, um novo produto, um novo serviço, uma nova forma de fazer as coisas. E isso significa romper com o passado, substituir um produto ou serviço por algo novo inovador. São poucos os exemplos de inovação disruptiva, sendo a Netflix e os serviços de streaming os mais fáceis de recordar, tendo tornado obsoletos os velhinhos clubes de vídeos, onde alguns de nós (dependendo da idade…) iam, semanalmente, buscar as últimas novidades do cinema em VHS para ver, durante 48 horas, e depois devolver. 48 horas de muita fita para a frente e para trás no leitor de VHS, muitas sessões de cinema em casa, com os amigos.

O que muitos não sabem é que a Netflix começou como uma empresa online de aluguer de DVDs, enviados por correio. Hoje, falamos de streaming, mas a disrupção estava na essência da empresa: filmes online sem sair de casa.

Para ser disruptivo, é fundamental que a superioridade do produto ou serviço seja reconhecida pelos consumidores, que a adesão seja massiva e que represente uma mudança no seu comportamento. Todos nós conhecemos “grandes inovações” que morreram antes de nascer… Porquê? Porque acontecem antes do seu tempo, porque são inovações de processos produtivos e, acima de tudo, porque não foram reconhecidas pelo consumidor.

Qual foi a primeira empresa a lançar um computador portátil? Qual foi o primeiro retalhista, em Portugal, a lançar uma loja online? Qual foi a primeira marca a lançar um iogurte grego?

É importante ser o primeiro, o primeiro a ser reconhecido pelo consumidor, o primeiro a sentir a adesão massiva, o primeiro a conquistar os corações dos consumidores. Ser o primeiro a chegar ao mercado é apenas um passo.

 

Reconhecimento necessário

A viagem de “5 Semanas em Balão” de Fergusson contribuiu para um novo mapa do continente africano, mas, para isso, não bastou fazer a viagem. Foi fundamental o reconhecimento pelos “seus consumidores”, a acreditação pelos soldados franceses estacionados no Senegal e que redigiram o relatório que figura nos arquivos da Sociedade Geográfica de Londres.

A necessidade de velocidade na criação da inovação não pode ser descurada e, por isso, é sempre fundamental conseguir melhorar, nem que seja incrementalmente. Quando Phileas Fogg desembarcou em Londres, acreditava que não tinha completado a “Volta ao Mundo em 80 dias”, acreditava que tinha desembarcado no sábado à noite, 21 de dezembro, quando, na verdade, era sexta-feira, 20 de dezembro, apenas 79 dias após sua partida. Um erro “simpático” que, nas palavras do seu leal Passepartout, poderia ambicionar ter feito a viagem à volta ao mundo em apenas setenta e oito dias.

 

Inovação

A inovação não disruptiva faz parte do dia-a-dia do mundo do retalho e do grande consumo, representando a maioria das inovações reportadas nos diversos relatórios de avaliação da inovação. Será que um novo sabor é uma inovação? E uma nova embalagem com o mesmo produto? Ou uma nova receita?

A inovação incremental existe para aumentar o ciclo de vida de um produto ou serviço. Ou seja, é feita em cima de algo já existente, é uma melhoria que tem como objetivo reavivar o interesse ou prolongar as vendas, uma “segunda vida”.

Mas não se pense que esta inovação acontece sempre de forma planeada! A sorte dá muito trabalho, mas acontece. Um dos melhores exemplos é o famoso sabonete flutuante Ivory, da Procter & Gamble. De acordo com os relatos não corroborados, a capacidade de flutuar foi um erro que ocorreu na fábrica e foi escondida por um funcionário com receio de ser descoberto, tudo isto num mundo fabril do século XIX, onde a inovação estava reservada a poucos. A versão oficial do livro “Rising Tide” conta uma estória ligeiramente diferente, atribuindo a descoberta ao filho de um dos fundadores, o qual se inspirou na descoberta de um seu colega.

 

Razão de ser

Seja por erro, ou de forma planeada, seja por foco na velocidade, ou na pureza da descoberta inovadora e disruptiva, a inovação é a verdadeira razão de ser do mundo do grande consumo. Tal como nos contos de Júlio Verne, a imaginação faz-nos superar os obstáculos, avançar para além do conhecido e ir mais longe. 

Imaginem o que seria se as estórias de Júlio Verne tivessem sido, por si, realmente vividas e se não fossem apenas fruto da sua imaginação…

17 Maio 2022
Armando Mateus, Chief Experience Office Touchpoint Consulting
Armando Mateus
Chief Experience Officer da TouchPoint Consulting

A renovação da marca própria do Minipreço conta com a Sara Prata

O Minipreço apresenta, hoje, ao mercado a sua mais recente campanha publicitária que destaca o processo de renovação em curso na sua oferta de marca própria. Ao todo, o Minipreço já procedeu à renovação de mais de 600 referências de marca própria, com o objetivo assumido de transformar, no decurso deste ano, mais 1.000 referências.

Making of campanha marca própria Minipreço

O Minipreço lançou uma nova campanha publicitária para promover a renovação em curso na sua marca própria e que conta com a participação da atriz Sara Prata. A renovação da marca própria da DIA inclui a criação de mais de 70 marcas nacionais com enorme potencial de crescimento onde o Grupo DIA detém operações.

Últimos Artigos

  • Tendências
    in

    5 pilares do consumo em 2022

    De acordo com a Euromonitor, a pandemia acelerou a digitalização e o consumo de bens e serviços através do pequeno ecrã. Em 2021, até 18% do consumo de bens à escala global foi feito na Internet e os consumidores são cada vez mais exigentes com este modelo. Com mais de 4,7 mil milhões de utilizadores […] Saber mais

  • App Delivery
    in ,

    Entrega de alimentos atingirá um valor de 320 mil milhões de dólares em 2029

    Com o fim da pandemia, os eventos desportivos regressaram e o sector das aplicações de entrega de alimentos, que depende muito da celebração destes eventos, olha com otimismo para o futuro. De acordo com os dados da CB Insights, Research & Markets, este mercado atingirá um volume de negócios mundial de 320 mil milhões de […] Saber mais

  • A_Padaria_Portuguesa
    in ,

    75% dos portugueses sabe pouco sobre o que anda a comer

    No âmbito da campanha de reposicionamento d´A Padaria Portuguesa, está a ser colocada a questão “Sabe o que anda a comer?” para desafiar os portugueses a pensarem no assunto e a tomarem melhores decisões. Para responder a esta pergunta, A Padaria Portuguesa realizou um estudo de mercado, em parceria com a Netsonda, sobre os hábitos […] Saber mais

  • Publicidade

  • in

    Delta Cafés considerada a empresa mais atrativa para trabalhar

    O sector da saúde é, este ano, considerado o mais atrativo para trabalhar, de acordo com a opinião dos portugueses, e o das tecnologias de informação passa para o segundo lugar. O sector automóvel passa a ocupar o Top 3, representando um crescimento de cinco posições face ao ano anterior. Foram apresentados os resultados do […] Saber mais

  • Worten Resolve
    in ,

    Worten renova aposta nos serviços

    “Direto ao que precisas? Mais vale ir à Worten Resolve” é o “claim” da nova campanha que mostra a Worten Resolve, marca umbrela de serviços da Worten. Esta nova campanha apresenta uma nova identidade gráfica para o Worten Resolve. Num investimento de 5,5 milhões de euros, já está no ar em TV, rádio, digital, redes […] Saber mais

  • O Ramiro_Sustentabilidade #2
    in ,

    Ramiro lança serviço de enchimento e reutilização de garrafa para levar a imperial para casa

    Chegou uma nova forma de desfrutar de uma cerveja de barril refrescante, como aquelas que se bebem no Ramiro, mas agora no conforto de casa. Chega, agora, um serviço sustentável, disponibilizado pela Cervejaria Ramiro, que vem permitir fazer o enchimento de cerveja numa garrafa que poderá ser adquirida neste espaço de restauração. O novo serviço […] Saber mais

  • Publicidade

  • Mercadona
    in

    Mercadona doa 1,5 milhões de euros para ajudar os refugiados da guerra da Ucrânia

    A Mercadona vai doar 1,5 milhões de euros para ajudar os refugiados da guerra da Ucrânia. Esta ajuda materializa-se a partir de junho, através da entrega de Cartões Sociedade de 50 euros, cada um com o objetivo de ajudar a cobrir as necessidades básicas dos refugiados que chegam a Portugal e Espanha, podendo ser utilizados […] Saber mais

  • Buondi
    in

    Buondi promove desafio para limpeza das praias

    A Buondi, marca portuguesa do grupo Nestlé, lançou uma ação de mobilização ambiental e passatempo solidário em contexto de praia – Buondi Ama Praia, no âmbito de promover uma maior consciência ambiental. O passatempo consiste no desafio de publicação, no feed do Instagram, de uma fotografia ou vídeo criativos do concorrente a recolher lixo na […] Saber mais

  • Publicidade

  • The Ice Cream Shop
    in ,

    Unilever testa lojas automatizadas

    A Unilever chegou a acordo com a plataforma automatizada Robomart, especializada na criação de lojas móveis, para criar a The Ice Cream Shop, uma espécie de mini-estabelecimentos cuja oferta passará a incluir gelados de marcas como a Ben & Jerry’s e a Magnum. A tecnologia da Robomart permite que os consumidores utilizem uma app para […] Saber mais

  • Monte Velho
    in

    Esporão apresenta Monte Velho Biológico

    O Monte Velho Biológico junta-se a uma família com mais de 30 anos de história. Produzido com uvas em modo de produção biológico, em Reguengos de Monsaraz, é um vinho que, segundo o Esporão, expressa bem a sua origem. O Monte Velho faz parte da história do Esporão, desde 1992. “O Monte Velho Biológico nasceu […] Saber mais

  • Publicidade

  • McDonald’s
    in

    “Há Sempre um M” é a nova assinatura da McDonald’s para o mercado português

    “Há Sempre um M” é a nova assinatura da McDonald’s para o mercado português. A nova assinatura estreia-se numa campanha multimeios que afirma a universalidade da marca junto de todas as gerações, geografias, estilos de vida e ocasiões de consumo. “Há Sempre um M” vem substituir a assinatura “Gosto Tanto”, criada em 2017, a versão […] Saber mais

  • Hendrick’s
    in

    Hendrick’s Gin lança a sua nova edição especial Neptunia

    A Hendrick’s Gin lança de apresentar a sua nova edição especial Neptunia, que se apresenta como uma homenagem aos oceanos. Lesley Gracie, a master distiller da Hendrick’s, respondeu ao chamamento dos mares e deixou que a sua imaginação trouxesse ao de cima a melhor inspiração para a criação deste novo gin. “Ouvir o som das […] Saber mais

  • lidl penha de frança
    in

    Lidl reabre loja da Penha de França maior e renovada

    O Lidl Portugal prossegue o investimento na renovação e ampliação da sua rede de lojas em Portugal. Em Lisboa, reabriu na zona da Penha de França, com uma imagem mais moderna e atual. A loja Lidl da Penha de França foi inaugurada numa cerimónia que contou com a presença da vogal da Junta de Freguesia […] Saber mais

Carregar mais
Congratulations. You've reached the end of the internet.
Back to Top

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.