in

E-commerce impulsiona vendas da Target

A Target registou um lucro líquido de 4.368 milhões de dólares (3.628 milhões de euros) no seu ano fiscal, encerrado em janeiro, o que equivale a um aumento de 33,1% em relação ao anterior, devido ao crescimento no comércio eletrónico, como consequência da pandemia, divulga a empresa.

A receita total da empresa foi de 93.561 milhões de dólares (77.718,2 milhões de euros), 19,8% mais que no ano anterior. No entanto, o comportamento tem sido diferente dependendo do canal. Enquanto as vendas físicas cresceram 7,2%, as digitais aumentaram 145%. Assim, enquanto no ano anterior as vendas online representaram 8,8% do total, no ano que acaba de encerrar passaram a valer 17,9% do total.

 

Pandemia

Após anos de investimento para construir um modelo de negócios duradouro, escalonável e sustentável, vimos um crescimento recorde, em 2020, à medida que os nossos clientes se viravam para a Target para os atender durante a pandemia“, disse o presidente e CEO da empresa, Brian Cornell.

O custo dos produtos vendidos durante o exercício aumentou 20,6%, para 66.177 milhões de dólares (54.971,1 milhões de euros), enquanto as despesas com vendas, gerais e administrativas aumentaram 14,7%, para 18.615 milhões de dólares (15.462,9 milhões de euros).

O impacto das depreciações e amortizações foi de 2.230 milhões de dólares (1.852,4 milhões de euros).

Só no quarto trimestre fiscal, a Target registou um lucro líquido de 1.380 milhões de dólares (1.146,3 milhões de euros, 65,6% mais), após um aumento na faturação de 21,1%, para 28.339 milhões de dólares (23.540,3 milhões de euros).

Publicidade

Amazon

Amazon chega à Polónia

Bico Amarelo

Bico Amarelo é no novo vinho verde do Esporão