in

E-commerce vai representar metade do crescimento do retalho global em 2025

Para 72%, a pandemia acelerou a sua transformação digital em um a dois anos

Foto Shutterstock

O e-commerce irá representar metade do crescimento do retalho global em 2025, expandindo cerca de 1,4 biliões de dólares nos próximos cinco anos, de acordo com a Euromonitor International.

Os dados foram avançados no webinar “Retail in Transition: Capitalising on Future E-Commerce Oportunities”. “Um dos impactos mais pronunciados da pandemia é o aumento da influência da tecnologia. Os retalhistas e as marcas estão a dar prioridade aos investimentos tecnológicos, que englobam desde a otimização das operações da cadeia de abastecimento à melhoria da experiência do utilizador”, afirma Michelle Evans, responsável sénior de pesquisa de consumo digital na Euromonitor International. “As empresas na América Latina, por exemplo, têm vindo a fazer maiores investimentos digitais e a região deverá atingir o maior crescimento em valor em 2025”.

 

Mercado em crescimento

De acordo com a Euromonitor International, no ano passado, 16% dos bens foram comprados online, o dobro da proporção registada em 2015.

Entre 2020 e 2025, os Estados Unidos da América, a China e o México deverão registar o maior crescimento no valor absoluto.

Para 72% dos profissionais de retalho, a pandemia acelerou a sua transformação digital em um a dois anos. Em 2020, as vendas online cresceram 26%,

Contudo, a rápida transformação digital elevou os desafios para os modelos de negócio tradicionais e para as lojas físicas, pelo que é fundamental reavaliar a estratégia de negócio de modo a manter-se competitivo”, acrescenta Michelle Evans.

Publicidade

Casa

Casa vendida à atual equipa de gestão

Cervejas de Moçambique

AB InBev abre unidade de produção em Moçambique