in

DHL Express simplifica serviço GoGreen

O serviço GoGreen da DHL Express é destinado a todas as pessoas que pretendem um método fiável para neutralizar as emissões de carbono inerentes ao transporte do seu envio. O cálculo das emissões é feito através de uma ferramenta patenteada, em função da origem e destino do envio, e a respetiva compensação é concretizada através do investimento em programas ambientais acreditados, no âmbito da reflorestação, criação de redes de energia eólica, entre outros. A partir de agora, este serviço passa a estar disponível para qualquer cliente, não estando limitado a acordos prévios, e para qualquer envio, com um custo adicional de 10 cêntimos por quilograma que reverte na íntegra para os programas ambientais acreditados.

José Reis, diretor geral da DHL Express Portugal, refere que “como a maior empresa de transportes e logística a nível global, a DHL tem a responsabilidade acrescida de tornar o transporte mais sustentável, usar os recursos naturais de maneira mais eficiente e sensibilizar os nossos clientes para a importância da proteção ambiental. Alinhada com os objetivos do grupo, a DHL Express tem investido em ações que promovam a responsabilidade ambiental e o reforço desta solução é a prova do nosso esforço.”

Para monitorizar o progresso da missão 2050, a DHL definiu quatro metas intermédias até 2025: melhorar a eficiência carbónica em 50% face a 2007; assegurar que 70% da frota própria de distribuição é constituída por soluções isentas em carbono e que mais de 50% das vendas incluem soluções ecológicas, tornando a cadeia logística dos clientes mais “verde” e dar formação ambiental a 80% dos membros e envolvê-los em atividades ambientais, plantando um milhão de árvores em cada ano.

Conveniência vai representar 22% dos gastos no retalho

Procura de carros elétricos cresce 129% no último ano