in

CHEP é a nova parceira logística da Bel Portugal

A CHEP é a nova escolha da Bel Portugal para a distribuição e transporte dos seus produtos no mercado português, uma parceria que tem como objetivo, entre outros, a integração da conhecida empresa de lacticínios no programa Carbon Neutral da CHEP, para todo o pool de paletes.

Tayeb Mouhcine, diretor geral do “cluster” Europa do Sul do Groupe Bel, afirma que “esta parceria com a CHEP representa mais um passo na concretização da estratégia de sustentabilidade que o Groupe Bel e a Bel Portugal estão a seguir, nomeadamente, no que diz respeito à redução da pegada carbónica das nossas operações, totalmente alinhada com a missão do Grupo For All. For Good (Para Todos, pelo Bem)”.

Para Ana Paula Sardinha, Country General Manager da CHEP, esta parceria representa “uma valorização não só do nosso trabalho, enquanto facilitadora do processo logístico e de cadeia de abastecimento, melhorando, ao mesmo tempo, a visibilidade dos seus produtos no ponto de venda, mas também de todo o percurso na área da sustentabilidade da CHEP.” Ana Paula Sardinha mostra-se satisfeita por poder providenciar estes serviços a “uma empresa conceituada, com provas dadas na área da sustentabilidade e preocupada com o futuro das próximas gerações. Esta é, mais do que uma parceria comercial, uma união feliz, assente em valores e estratégias sustentáveis”.

 

Programa Carbon Neutral

A escolha da CHEP teve por base a integração da Bel Portugal no programa Carbon Neutral, através do qual 100% das paletes CHEP enviadas para a empresa serão Zero Emissões. Isto significa que a Bel, através do programa de Carbon Neutral da CHEP, em parceria com a Carbon Neutral Company, irá compensar toda a pegada de CO2 através de vários projetos em todo o mundo.

Esta colaboração irá permitir que a Bel Portugal se destaque como o primeiro fabricante do país a receber paletes Zero Emissões. Esta parceria visa assim compensar a emissão de 105 toneladas de emissões de CO2, através de um portfólio de projetos que pretende gerar créditos de carbono.

Estes projetos cobrem um leque variado de áreas geográficas e de impacto, tais como o projeto Floresta Tropical Amazónica do Acre, Brasil – Impacto Ambiental e o projeto para a Melhoria das Infra-estruturas de Água, África Subsaariana – Impacto Social.

Já em 2021 a Brambles foi classificada como a segunda empresa internacional mais sustentável, pela Barron’s publicação da Dow Jones.

Publicidade

Oikos

Oikos lança campanha “Bom e Maroto”

DB Schenker

Península Ibérica é uma das principais origens e destinos do transporte com temperatura controlada