in

Vendas da Metro caem 1,6%

A Metro encerrou o seu exercício fiscal de 2017/2018 com um volume de negócios de 36.500 milhões de euros, segundo os resultados preliminares.

Confirmam-se, assim, as previsões de um aumento de 0,7% nas vendas comparáveis. Globalmente, as vendas caíram 1,6%, devido ao efeito desfavorável das divisas. “O foco a longo prazo da Metro Wholesale está a demonstrar ser o correto”, destaca Olaf Koch, presidente do Conselho de Administração do grupo alemão. Este é o quinto ano consecutivo de aumento das vendas comparáveis.

Em concreto, a divisão Metro Whoelsale faturou 29.500 milhões de euros, mais 1,3% numa base comparável e menos 1,4% em valores absolutos. A região da Europa Ocidental, sem incluir a Alemanha, melhorou 1,7%, enquanto que o mercado alemão subiu 0,1%.

O negócio dos hipermercados Real, postos à venda no mês passado, faturou 7.100 milhões de euros, menos 1,7% numa base comparável e menos 2,3% em valores absolutos. No quarto trimestre do seu ano fiscal, as vendas da Metro atingiram os nove mil milhões de euros, 0,6% mais numa base “like for like” e 2,3% menos em valores absolutos que no mesmo período do exercício anterior.

Publicidade

Publicidade

Lucros da Mondelez crescem a dois dígitos

Parlamento Europeu ratifica estudo sobre as práticas comerciais desleais