in

Consumidores online ganham consciência sobre a sustentabilidade no sector da moda

Uma nova pesquisa realizada pela Smurfit Kappa revela que os consumidores se estão a pronunciar e a exigir às marcas embalagens mais sustentáveis ao comprar moda e acessórios através da Internet.

A amostra, em que participaram consumidores de quatro países europeus – Alemanha, Irlanda, Holanda e Reino Unido -, revelou, ainda, que 41% dos compradores online de moda e acessórios adotaram hábitos mais sustentáveis ao comprar as últimas tendências, desde o início da pandemia de Covid-19.

Entre os dados apurados através deste estudo, destaca-se que quase metade dos consumidores compram artigos de moda e acessórios uma vez ou mais por mês e que esta é uma tendência crescente tanto para mulheres (44%) como para homens (43%).

 

Consumidores estão a mobilizar-se

Os consumidores indicam que adotaram medidas, nos últimos seis meses, para garantir que as suas compras são o mais sustentáveis possível.

Neste ponto, o estudo destaca que 25% dos consumidores investigaram uma marca online para avaliar o seu nível de sustentabilidade; 35% declarou que não compraria online a uma empresa de moda se soubessem que a sua embalagem não era sustentável e 23% voltou a comprar uma marca de roupa, baseando-se nas suas credenciais de sustentabilidade. “Os consumidores querem que as marcas online de moda e acessórios atuem com responsabilidade e tenham em conta o impacto social e ambiental da sua atividade. As marcas de moda — e, na verdade, todas as marcas — têm de se adaptar à procura dos consumidores em matéria de sustentabilidade, pois arriscam-se a perder clientes se não o fizerem. A opinião e a inclinação dos clientes para a sustentabilidade são similares nos quatro mercados inquiridos, o que destaca o desejo crescente dos consumidores europeus de que as empresas continuem a priorizar e empenhar-se para melhorar as suas práticas de sustentabilidade, também durante a atual crise económica”, sublinha Arco Berkenbosch, vice-presidente de Inovação e Desenvolvimento da Smurfit Kappa.

 

Consumidores querem saber mais

Não obstante, os compradores online de moda e acessórios encontram vários obstáculos ao tentar tomar decisões sustentáveis. Este inquérito assinala que a falta de informação acessível (34%), a falta de opções sustentáveis (32%) e o custo (30%) são os principais impedimentos para que os consumidores adotem hábitos mais responsáveis em relação ao ambiente ao comprar online. De facto, mais de metade dos inquiridos (57%) comentou que gostaria de conhecer com mais pormenor os esforços dos vendedores online de moda e acessórios para conseguir embalagens sustentáveis.

Este estudo refere, ainda, que é mais provável que os consumidores de moda e acessórios considerem que a sustentabilidade da embalagem influi mais na avaliação positiva da sua compra do que as técnicas tradicionais de marketing. A maioria afirma, de facto, que o uso eficiente de materiais (62%), o uso de materiais sustentáveis (61%) e ver as credenciais de sustentabilidade de uma marca (56%) contribuem para criar uma avaliação positiva da sua compra online quando recebem a encomenda. Dois terços dos consumidores (66%) acreditam que os vendedores de moda online têm a responsabilidade de garantir que a sua embalagem é sustentável.

 

Gama

Em resposta ao crescimento atual do comércio online e às expectativas dos consumidores, a Smurfit Kappa aumentou a sua gama de embalagens sustentáveis desenhadas para o mercado de vendas online de artigos de moda e acessórios. Graças aos seus mecanismos que permitem abrir e voltar a selar facilmente a embalagem em caso de devolução, a carteira de soluções da empresa oferece uma ampla variedade de soluções flexíveis para artigos de todas as formas e tamanhos.

Todos os produtos são fabricados com um único material, são reciclados e facilmente biodegradáveis. Esta carteira de produtos à base de papel oferece uma alternativa responsável às empresas, à medida que aumenta a consciencialização e a preocupação dos consumidores pelos resíduos gerados pela embalagem. “Os resultados indicam a grande influência que pode ter a embalagem nos compradores e nas suas decisões de compra, já que, para as marcas que priorizam a sustentabilidade, a embalagem pode representar uma oportunidade de fidelizar clientes, enquanto as empresas que não cumprem as expectativas poderão sofrer as consequências. Estamos a trabalhar com os nossos clientes online de moda e acessórios para criar embalagens sustentáveis e inovadoras que se adaptem perfeitamente ao tamanho e à forma do artigo e que protejam o produto durante o transporte, ao mesmo tempo que geram uma experiência agradável para o consumidor quando este recebe a encomenda. Se queremos reduzir o nível de resíduos gerados pelas embalagens não sustentáveis, todos nós, marcas, consumidores e fornecedores de embalagens, devemos trabalhar juntos para gerar um verdadeiro impacto”, concluiu Arco Berkenbosch.

Publicidade

Sustentabilidade

Deco Proteste e Continente juntos para promover a criação do Dia Nacional da Sustentabilidade

IKEA

IKEA chega a Bragança e a Vila Nova de Gaia com novos pontos de recolha