in

Mercadona abre hoje na Maia

Este é o terceiro supermercado da empresa em Portugal, depois das aberturas em Canidelo, Vila Nova de Gaia, e na rua Sousa Aroso, em Matosinhos, nos passados dias 2 e 9 de julho, respetivamente A Mercadona abriu esta terça-feira, dia 15 de julho, o terceiro supermercado em Portugal no distrito do Porto, na Avenida Engenheiro José Afonso Moreira de Figueiredo, na freguesia de Vermoim, na Maia.

O presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, e a presidente da Junta de Freguesia da Cidade da Maia, Olga Freire, marcaram presença na abertura do supermercado

Esta loja gerou 85 novos postos de trabalho, com contrato sem termo desde o primeiro dia, e conta com uma superfície de vendas de 1.900 metros quadrados e 190 lugares de estacionamento. “A Mercadona vem, assim, juntar-se a um tecido empresarial forte, vibrante e dinâmico, contribuindo desse modo para robustecer um dos pilares fundamentais do nosso objetivo estratégico de alcançar a sustentabilidade integral, como é a sustentabilidade económica do território e da comunidade, compaginada com os pilares da sustentabilidade ambiental e da sustentabilidade demográfica e social. Registo com particular agrado o facto de esta empresa se preocupar com as condições de trabalho que procura proporcionar às pessoas“, destacou António Silva Tiago.

Todos os colaboradores realizaram formação no Modelo de Qualidade Total, o modelo de gestão da empresa, e nas principais secções da loja: peixaria, perfumaria, charcutaria (incluindo o presunto ibérico cortado à faca), talho, padaria e pastelaria, entre outras, o que representou para a empresa um investimento médio de 50 mil euros por colaborador.

O supermercado de Vermoim responde ao Modelo de Loja Eficiente que a empresa está a implementar em toda a rede. No que concerne ao exterior desta loja, a empresa quis assegurar os espaços verdes característicos do município da Maia e, como tal, foram instalados jardins em toda a área circundante, totalizando uma área superior a 3.500 metros quadrados de espaço ajardinado. Como parte integrante deste projeto, a Mercadona optou também por instalar na cobertura do armazém e câmaras frigoríficas um jardim, respeitando assim a sua política de integração nos locais onde implementa as suas lojas.

A nova loja caracteriza-se por corredores amplos e confortáveis, dispõe de uma entrada de vidro duplo que evita correntes de ar, lineares específicos de leite fresco e sumos frescos, mural de sushi, um ponto de corte final da carne, uma charcutaria com presunto ibérico cortado à faca, uma ilha central na perfumaria para cosméticos especializados e uma máquina de sumo de laranja espremido na hora.

Outro destaque deste modelo de loja é o pronto a comer, que em Portugal apresenta 35 opções de pratos recém-cozinhados que os clientes podem levar para casa ou comer na própria loja, numa zona de refeições exclusiva para o efeito.

Este Modelo de Loja Eficiente da Mercadona procura também facilitar o ato de compra dos clientes, através de corredores amplos de frutas e legumes e dois modelos de carrinhos, ergonómicos e leves, que não precisam de moeda. Além disso, possui áreas comuns para os funcionários desfrutarem de maior conforto nos seus momentos de descanso, assim como uma copa equipada e cacifos individuais espaçosos e cómodos.

Publicidade

Publicidade

Ferbar apresenta nova Gran Pavesi Cracker de Milho

Portugueses optam cada vez mais por comprar saudável e online