in ,

Vendas pela Internet cresceram 50% no Natal

Consumidores gastaram 1,1 biliões de dólares

Foto Shutterstock

As vendas pela Internet cresceram, a nível mundial, 50% no Natal de 2020, que se revelou uma das “maiores temporadas de compras digitais“, de acordo com um estudo da Salesforce.

Em todo o mundo, os consumidores gastaram 1,1 biliões de dólares, o que compara com 723 mil milhões de dólares da época festiva de 2019.

Os dados do estudo foram recolhidos junto de mais de mil milhões de consumidores em 40 países, no período de 1 de novembro a 31 de dezembro, e concluem que, apesar das ações promocionais terem começado mais cedo, o comércio digital aumentou no final do ano. Além disso, quem disponibilizou opções de recolha fora das lojas cresceu quase duas vezes mais. “A época festiva de 2020 foi definida pela pandemia e forçou os comerciantes e as marcas a inovarem rapidamente, com a introdução de novas formas de recolha de compras online, assistentes virtuais e foco nas redes sociais, mensagens e transmissões em direto para chegarem aos clientes de novas formas“, afirma Rob Garf, vice-presidente de Estratégia Industrial para o retalho da Salesforce.”Esperamos que essas inovações permaneçam em 2021, com as estas estratégias a tornarem-se no novo padrão”.

 

Devoluções

Os artigos desportivos (+108%) e para a casa (+89%) foram as categorias de produtos em maior destaque, enquanto os alimentos e bebidas mantiveram o ritmo de 80%. Por outro lado, os segmentos de roupa desportiva (+35%), calçado (+39%) e vestuário (+40%) apresentaram o menor crescimento nas receitas desta temporada festiva.

Agora, os retalhistas estão a preparar-se para lidar com a avalanche de devoluções. O estudo antecipa que mais de 330 mil milhões de dólares em compras online sejam devolvidos a nível global, ou seja, cerca de 30% de todas as compras feitas.

Publicidade

Capricho Andaluz

Capricho renova certificação Ecosense

Ministro da economia francês opõe-se a potencial venda do Carrefour