in

Uniqlo é a empresa de moda mais valiosa

Pela primeira vez, o valor das ações da Fast Retailing, dona da marca Uniqlo, superou o valor da Inditex, grupo que opera a Zara, entre outras insígnias. Em termos de capitalização de mercado, a empresa de moda japonesa está agora no topo da indústria global de moda.

Desde agosto, o preço das ações da Fast Retailing tem aumentado constantemente. Como resultado, recentemente, o valor de mercado das ações da retalhista era equivalente a, aproximadamente, 85 mil milhões de euros, reporta o Nikkei.

Os investidores apreciam particularmente o foco da Fast Retailing na Ásia e, em particular, na China, onde a economia recuperou rapidamente da crise da Covid-19. Além disso, a marca está bem posicionada para capitalizar sobre as mudanças dos hábitos dos consumidores, que tendem a vestir-se mais casualmente, numa altura em que trabalhar em casa se torna cada vez mais popular.

A Fast Retailing opera cerca de 2.300 lojas Uniqlo em todo o mundo. No seu mercado doméstico, o Japão, possui 815 lojas, sendo a China o segundo maior mercado, com 791 pontos de venda. 60% de todas as lojas está na Ásia, excluindo o Japão.

A situação é completamente diferente da Zara: 70% das suas lojas está na Europa e nos Estados Unidos, mercados que foram duramente atingidos por sucessivos confinamentos. Apenas 20% das lojas da Zara está localizado na Ásia.

 

Potencial de crescimento

A Fast Retailing também fez grandes esforços no digital. Em 2016, lançou o conceito de “retalho digital de consumo”, que envolve a recolha e análise de dados de todas as compras online e físicas. A empresa japonesa também está a trabalhar com a Google e outros parceiros externos para desenvolver uma infraestrutura de produção com recurso à inteligência artificial.

Com base puramente nas vendas, a Fast Retailing ainda ocupa o terceiro lugar na indústria de moda, com 15,6 mil milhões de euros, atrás da Inditex (28,2 mil milhões de euros) e da H&M (18,5 mil milhões de euros).

A gigante espanhola do vestuário também continua a lucrar significativamente mais do que a sua concorrente japonesa.

Ainda assim, os analistas acreditam que a Fast Retailing está melhor posicionada para conseguir o crescimento futuro, em particular, devido à sua extensa rede de lojas na Ásia.

A Inditex “apenas” possui 467 lojas na China. Em outubro passado, a Zara abriu o seu maior ponto de venda asiático em Pequim, com uma superfície de mais de três mil metros quadrados.

Publicidade

Amazon

Amazon permite que os clientes votem em novos dispositivos Alexa

“As dificuldades obrigaram-nos a uma resposta rápida às novas necessidades, a antecipar questões, a concentrar-nos na inovação e a converter dificuldades em oportunidades”