in

Supermercados em territórios ucranianos ocupados alvo de rebranding por parte da Rússia

Foto Shutterstock

As autoridades russas começaram a fazer um rebranding dos supermercados localizados em territórios ocupados da Ucrânia, que passam a operar sob uma insígnia diferente.

De acordo com a Forbes, as forças russas apreenderam os antigos supermercados ATB, em locais como Nova Kakhovka, Berdyansk, Melitopol e Kherson, trazendo novos sistemas de checkout para permitir às lojas o comércio em rublos. Um porta-voz da ATB disse à Forbes que cerca de 100 dos pontos de venda do grupo estão situados em territórios que estão agora ocupados.

 

Silpo

O Grupo Fozzy, que opera a cadeia Silpo, disse que cerca de 17 lojas Silpo e três lojas Thrash! estão localizadas em territórios ocupados. Algumas estão fechadas e outras foram saqueadas ou destruídas.

O grupo estimou as suas perdas em cerca de 90 milhões de euros, um número que inclui lojas perdidas ou destruídas, produtos saqueados e danos nos seus armazéns e rede de produção.

De acordo com um residente de Kherson com quem a Forbes falou, os preços no antigo outlet estão agora perto do dobro do que eram antes do início da guerra.

A pilhagem é também um problema crescente, com os potenciais ladrões à procura de trabalhadores que ainda não saíram dos territórios ocupados a fim de terem acesso às lojas.

Nike

Nike perde margem ao acumular inventário

agroalimentar

Comércio agroalimentar da União Europeia aumenta 12% em março