in

METRO quer consumir menos 100 milhões de litros de água em 2018

No âmbito do Dia Mundial da Água promovido pelas Nações Unidas, a Makro, em conjunto com alguns dos seus fornecedores, desenvolveu uma campanha global de sensibilização, de forma a alertar para a escassez deste recurso.

Com início em 2017, a Makro desenvolve, pela segunda vez, a iniciativa “Cuidar e Poupar Gota a Gota”, que procura consciencializar colaboradores, clientes e a sociedade em geral para a utilização responsável da água, através de diversas atividades e informações.

Em Portugal, todas as lojas Makro terão expostos diversos materiais que alertam para a temática e incentivam os seus clientes para uma crescente preocupação ambiental, como cartazes, stoppers e decoração de portas, sendo que os produtos de fornecedores como a Procter&Gamble (P&G), Reckitt Banckiser, Unilever FIMA, Henkel Ibérica e Colgate, que se juntaram à iniciativa, estarão também devidamente destacados.

De modo a otimizar a campanha, o website, o LinkedIn, o Facebook e o Youtube da Makro serão alimentados por vídeos e publicações com dicas de utilização de água e informações úteis. As newsletters enviadas semanalmente terão um banner com destaque para a campanha. “Através do desenvolvimento desta iniciativa, iniciada o ano passado, conseguimos tocar milhares de clientes, bem como os nossos colaboradores a nível global. Queremos novamente alertar para os problemas relacionados com água, nomeadamente a possibilidade da sua escassez, de que ainda há pouco tempo se falava em Portugal. Trata-se de um recurso de uma grande importância e é fundamental trazer esta consciência para o mundo da distribuição. Estabelecemos metas claras para uma gestão responsável de água e, desta forma, pretendemos contribuir positivamente para a utilização responsável e sustentável deste recurso”, refere Isabel Caeiro, responsável de comunicação da Makro Portugal.

A METRO, da qual a Makro faz parte, tem como objetivo para 2018 consumir menos 100 milhões de litros de água, através de um plano que melhora a gestão da utilização deste recurso em lojas e armazéns. Na Polónia, como exemplo, já se conseguiu economizar anualmente mais de dois milhões de litros de água com a instalação de reguladores de fluxo nas entradas de água. Por seu turno, o fornecedor de alimentos RUNGIS express, que pertence à METRO, conseguiu economizar um milhão de litros de água, por ano, com a instalação de uma nova máquina de lavar, em Meckenheim.

A METRO encontra-se também a cooperar com 11 fornecedores globais: Barilla, Coca-Cola, Colgate, Danone Waters, Diageo, Henkel, L’Oréal, Mars Food, PepsiCo, Procter&Gamble (P&G) e Unilever Retail. A maioria destes fornecedores possuem projetos individuais, aos quais os consumidores se podem juntar através da compra de produtos dos mesmos. Com a iniciativa Children’s Safe Drinking Water, a Procter&Gamble já forneceu mais de 13 mil milhões de litros de água potável em 85 países, desde o início do programa, em 2004, doando um dia de água potável por cada um dos seus produtos vendidos em lojas METRO. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), dois litros é o consumo diário de água recomendado, que são fornecidos a crianças e famílias, através do purificador P&G em embalagens de água.

A Diageo, por sua vez, doa um euro por cada garrafa vendida em lojas do grupo METRO para a WaterAid, uma organização internacional sem fins lucrativos que fornece mundialmente água potável, bem como as instalações sanitárias correspondentes, como uma primeira medida para combater a pobreza.

Com a compra de produtos Unilever nas lojas METRO, os clientes apoiam projetos locais de água em cooperação, por exemplo, com a UNICEF, nos continentes africano e asiático.

A Mars Food, como criadora da Uncle Ben’s, criou, juntamente com a ONU e o Instituto Internacional de Pesquisa do Arroz, a Plataforma de Arroz Sustentável, uma iniciativa multi-stakeholder que impulsiona a indústria para a sustentabilidade no cultivo do arroz. “Com a METRO Initiative Water, proporcionamos aos nossos clientes a oportunidade de apoiarem campanhas de ajuda aos nossos parceiros industriais e melhorar o acesso à água potável, em todo o mundo”, acrescenta a responsável.

Publicidade

Publicidade

Gasto global em TI crescerá 4,5% em 2018

Venda de produtos ecológicos cresce 22% em 2017