alfarroba
in

APED lança campanha de incentivo para antecipar as compras de Natal

Evitar as aglomerações de pessoas e reforçar a segurança de consumidores e colaboradores são os principais objetivos da campanha “Coro do Natal em Segurança”, que a APED – Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição lança esta terça-feira, dia 10 de novembro. A principal mensagem é antecipar as compras de Natal, evitando-se as “correrias” de última hora.

Nesta campanha, criada pela Coming Soon, um coro de Natal canta uma versão da clássica música “Jingle Bells”, relembrando o stress das compras de Natal e o quanto as filas se tornam enormes quando os consumidores as deixam para a última hora. Como solução, é sugerida a antecipação das compras de Natal para novembro.

O spot publicitário tem a duração de 55 segundos e estará presente em rádio e digital, durante as próximas semanas, bem como em diversas lojas, espaços comerciais e redes sociais de um conjunto de empresas associadas da APED.

Com esta campanha, a APED assume o compromisso de continuar a sensibilizar o consumidor para o planeamento atempado das suas compras, tendo em conta que o cumprimento das regras de segurança é uma responsabilidade que deve ser assumida por todos. Para manter a tradição do Natal, mesmo com a pandemia, cabe a cada um de nós fazer o que está ao nosso alcance para o tornar o mais tranquilo possível”, refere Gonçalo Lobo Xavier, diretor geral da APED.

 

 

APED reivindica aumento do número de pessoas permitido

De forma a permitir uma adequada fluidez de pessoas nos espaços comerciais, a APED tem vindo a reivindicar o aumento do número de pessoas permitido por metro quadrado, sugerindo que fosse alterado de cinco para oito, em nome da saúde pública.

O sector do retalho continua em condições de garantir todas as medidas de segurança e proteção ao consumidor, como tem feito desde o início da pandemia. A limitação do número de pessoas em loja é uma medida que provoca filas à porta dos estabelecimentos, logo, uma medida incongruente quando o que se pretende é fomentar a segurança e saúde pública”, acrescenta Gonçalo Lobo Xavier.

Worten Black Friday

Ufesa apresenta nova linha de saúde e bem-estar

Worten Black Friday

Worten “estica” Black Friday até ao final de novembro