in

Lavradores de Feitoria lança o seu primeiro vinho da colheita de 2020

Lavradores de Feitoria

O Lavradores de Feitoria branco 2020 é o primeiro vinho que a Lavradores de Feitoria lança desse ano, mas, olhando para a referência em si, é a 14.ª edição, feita do blend de três das mais tradicionais castas brancas do Douro: Malvasia Fina (60%), Gouveio (30%) e Síria ou Códega (10%).

Um branco palha limão, com um aroma fresco, fino e aromático, bastante mineral e muito frutado. Apresenta notas de fruta fresca, sobressaindo o ananás, o alperce e algumas notas ligeiras de frutos tropicais. Na boca, a entrada é muito fresca e elegante“, refere em comunicado. “Harmonioso, apresenta uma acidez equilibrada, com uma fruta viva lembrando ananás e alguma pera. Excelente contraste entre frutos citrinos e tropicais. Muito saboroso, apresenta um final longo“.

Segundo a Lavradores de Feitoria, trata-se de um vinho com aptidão para acompanhar comida asiática, tendo, inclusivamente, já ganho uma medalha de ouro no Sakura Japan Women’s Wine Awards, assim como saladas, sopas frias, peixes magros, mariscos, carnes brancas, massas com molho branco, e também para beber a solo. Encontra-se à venda em hiper e supermercados, mas também nalgumas garrafeiras ou restaurantes em regime de take away e delivery.

 

Formato de bag-in-box

Para além da tradicional garrafa de 750 mililitros (4,49 euros), o Lavradores de Feitoria branco 2020 existe no formato de bag-in-box (BiB) de dois litros (7,49 euros).

De recordar que a Lavradores de Feitoria foi pioneira neste formato, lançado em 2004, na sequência de um desafio feito pelo mercado norueguês. Foi, assim, o primeiro produtor do Douro a engarrafar bag-in-box com direito ao selo de garantia de Denominação de Origem Controlada e, por conseguinte, menção DOC Douro neste formato.

restauração

Restauração e alojamento perderam 100 mil postos de trabalho

Casa Peixoto

Casa Peixoto celebra 45 anos e aposta na expansão nacional