in

Banco Mundial reduz previsão de crescimento global para 3,2% em 2022

Foto JL IMAGES/Shutterstock.com

O Banco Mundial reduziu as suas estimativas para o aumento do Produto Interno Bruto (PIB) mundial em mais de um ponto, devido ao impacto da guerra na Ucrânia. Concretamente, a previsão é agora de 3,2%, o que compara com a anterior estimativa de 4,1%.

A organização presidida por David Malpass está a responder à crise propondo um novo objetivo de financiamento de 15 meses, no valor de 170 mil milhões de dólares, com o objetivo de comprometer 50 mil milhões de dólares deste financiamento nos próximos três meses. O plano segue-se ao de 160 mil milhões de dólares, lançado pela entidade sediada em Washington em resposta à Covid-19. Será dado um apoio especial aos países que acolham refugiados ucranianos e aos que são afetados pela escassez de alimentos.

As economias avançadas com sistemas de proteção social bem desenvolvidos estão a amortecer parte dos danos da inflação e dos bloqueios comerciais causados às suas populações, mas os países mais pobres têm recursos fiscais limitados e sistemas mais fracos para apoiar os necessitados“, disse em conferência de imprensa David Malpass, acrescentando que muitas economias emergentes não estão preparadas para enfrentar um choque de dívida como o esperado.

 

Desenvolvimento económico

Grande parte da revisão em baixa das perspetivas de crescimento do PIB mundial deve-se ao desenvolvimento das economias na Europa e na Ásia Central, que foram afetadas pelo conflito entre a Rússia e a Ucrânia. David Malpass assegurou que, para travar a crise, é necessário colocar efetivamente capital, promover o crescimento e a produção e manter os mercados abertos.

As previsões de crescimento foram reduzidas na sequência do aumento dos preços dos alimentos e da energia, causados por perturbações na cadeia de abastecimento.

Sustentabilidade

58% dos gestores reconhece práticas de greenwashing nas suas organizações

Tailwind Shipping Lines

Dono do Lidl cria a sua própria empresa de transporte marítimo de mercadorias