in

Whirlpool vende a sua marca Scholtès

A Whirlpool vai vender a sua marca topo de gama de produtos encastráveis Scholtès à empresa francesa Admea, que é também detentora das licenças das marcas Thomson, Schneider e Radiola.

A informação foi confirmada pela própria Admea e faz manchete na imprensa francesa desta quinta-feira, dia 11 de maio.

O Figaro escreve que a Whirlpool, que conta fechar a sua fábrica francesa de Amiens, em 2018, e deslocalizar a produção para a Polónia, vai vender a Scholtès por um montante não revelado. Já o jornal Les Echos acrescenta que a Admea poderá fabricar parte da produção da Scholtès em França. “A nossa vontade é relocalizar em França. Estamos a discutir com dois grupos o fabrico dos nossos modelos, com o objetivo de obter contratos de longo termo para garantir visibilidade”, disse Philippe Samuel, diretor geral da Admea, àquele jornal económico. Questionado sobre a retoma de produção em Amiens, o gestor confirmou que se o comprador daqueles ativos for um grupo de eletrodomésticos, a Admea irá confiar-lhe a produção de volumes das suas marcas.

A imprensa francesa dá também conta da venda de outra marca francesa do Grupo Whirlpool, a Laden. Após a compra da Indesit e da Sanyo, em 2014, por 2,3 mil milhões de euros, a Whirlpool está num processo de reorganização. O grupo entende concentrar-se apenas em 10 marcas, sete das quais já com vendas acima de mil milhões de dólares.

Publicidade

Publicidade

John Lewis e Waitrose testam campanhas de marketing conjuntas

DIA mantém tendência positiva das vendas em Portugal