Foto Shutterstock
in

Sonae Sierra e Dott colocam lojistas online

A Sonae Sierra criou uma solução que permite a todos os lojistas dos centros comerciais que gere manterem o seu negócio, mesmo nos casos em que tenham as suas lojas físicas encerrada ou que não tenham, até à data, nenhum site de venda online.

Em parceria com o Dott, a empresa disponibiliza a partir desta sexta-feira, dia 27 de março, uma plataforma de adesão gratuita, que permite aos lojistas realizarem vendas online. Até 31 de maio, também não existirá qualquer comissão sobre estas vendas. “Queremos apoiar todos os nossos lojistas, permitindo-lhes ter uma nova ferramenta de venda disponível e, por outro lado, assegurar aos portugueses o acesso aos bens que encontravam nos nossos centros comerciais e dos quais estão privados face ao contexto atual”, refere Cristina Santos, administradora responsável pela gestão de centros comerciais da Sonae Sierra.

A solução foi desenvolvida com o apoio do Dott, um marketplace generalista, com 17 categorias, desde supermercado e bebidas a moda e calçado, passando por produtos para animais e desporto ou acessório para veículos. O Dott apoiará os lojistas na implementação do catálogo online, bem como nos procedimentos de pagamento e faturação. A par disso, assegurará a gestão e a entrega das encomendas ao domicílio, seguindo todas as normas de segurança da Direção Geral da Saúde. “Como marketplace, orgulhamo-nos de apoiar os lojistas dos shoppings Sonae Sierra e a economia portuguesa neste momento tão delicado”, refere Gaspar d`Orey, CEO do Dott.

O acesso às lojas online poderá ser feito através do site de cada um dos centros, onde haverá uma sessão Dott.  Esta ferramenta de comércio eletrónico estará disponível para os centros AlbufeiraShopping, ArrábidaShopping, CascaiShopping, Centro Colombo, CC Continente Portimão, Centro Vasco da Gama, Coimbra Retail Park, GaiaShopping, GuimarãeShopping, LeiriaShopping, MadeiraShopping, MaiaShopping, NorteShopping, Nova Arcada, Parque Atlântico e ViaCatarina Shopping.

APED Retail Summit 2020 adiado

IKEA disponibiliza 26 milhões de euros para proteger afetados pelo coronavírus