in

Parlamento Europeu vota contra proibição dos termos cárnicos nas alternativas vegetais

Foto Shutterstock

O Parlamento Europeu votou contra a proposta de proibição da utilização de designações associadas à carne, como hambúrgueres ou almôndegas, nas alternativas vegetais.

Não obstante, as designações relativas aos lacticínios continuarão a ser proibidas. Como tal, não se poderá falar de leite de soja, de iogurte vegetal ou de alternativa à manteiga.

De acordo com a ProVeg International, que tinha lançado uma petição contra a proibição, esta manutenção, no que aos lacticínios diz respeito, representa um duro golpe para o sector. “O negócio dos lacticínios vegetais poderá ser penalizado em termos financeiros e com desafios práticos de renomeação, rebranding e remarketing dos produtos e potenciais custos legais elevados. Esta proibição está, ainda, em direta contradição com os objetivos da União Europeia de criar sistemas alimentares mais saudáveis e sustentáveis”.

Publicidade

Vinalda e Icon Key

Vinalda e Icon Key anunciam fusão

Unilever

Unilever faz progressos nas suas metas para as embalagens sustentáveis