in ,

Unilever faz progressos nas suas metas para as embalagens sustentáveis

Unilever

A Unilever, proprietária de marcas como Dove, Seventh Generation e Magnum, continua a progredir em direção aos seus compromissos por um mundo sem resíduos, apesar do ambiente desafiador criado pela Covid-19. Os compromissos da Unilever permanecem inalterados e a empresa intensificou significativamente o uso de plástico reciclado.

No ano passado, a Unilever confirmou que, até 2025, irá reduzir para metade o uso de plástico virgem, reduzindo o uso de embalagens de plástico em mais de 100 mil toneladas e acelerando o uso de plástico reciclado. Um ano depois, a Unilever partilha uma atualização sobre o seu progresso. Nesse sentido, aumentou o uso de plástico reciclado pós-consumo (PCR) para cerca de 75 mil toneladas , o que representa mais de 10% da pegada de plástico da Unilever. Isto representa um aumento significativo a partir de 2019 e um sólido progresso em direção à meta de usar, pelo menos, 25% de PCR até 2025. A Unilever espera duplicar o uso de PCR nos próximos 12 meses.

A multinacional também lançou inovações para reduzir o uso absoluto de plástico, como embalagens para gelados feitas à base de papel reciclável, que irão economizar cerca de 4.500 toneladas de plástico. Além disso, continuou a “testar, aprender e melhorar” novos modelos de negócio relacionados com embalagens reutilizáveis e de recarga e, agora, tem equipas dedicadas para escalar o trabalho nesta área. Atualmente, a Unilever partilha os seus conhecimentos sobre modelos de recarga e reutilização. Paralelamente, desenvolveu roteiros específicos para cada país atingir sua meta de ajudar a recolher e processar mais embalagens de plástico do que as que vende.

Como resultado destas ações, a Unilever está no caminho para reduzir o plástico virgem nas embalagens desde que assumiu os seus mais recentes compromissos. “A cultura descartável e os modelos de negócio descartáveis continuam a dominar as nossas vidas e a prejudicar o nosso planeta. Apesar das condições desafiadoras, não devemos virar as costas à poluição por plástico. É crucial que nós – e o resto da indústria – mantenhamos o curso, reduzamos a quantidade de plástico que usamos e façamos uma transição rápida para uma economia circular”, afirma Alan Jope, CEO da Unilever.

 

Recarga e reutilização

A Unilever teve sucesso com as inovações de recarga dos produtos de limpeza da casa concentrados OMO e Cif.

O OMO Concentrate tornou-se no primeiro detergente para roupa diluído da Unilever. Foi lançado no Brasil, em 2019, e obteve grande sucesso, deslocando 30% dos consumidores de OMO 3L no Brasil para o formato de recarga em casa.

Nos 12 meses desde o seu lançamento no Reino Unido, Cif Ecorefills economizou 171 toneladas de plástico e capacitou centenas de milhares de clientes a reutilizar embalagens de spray em vez de comprar novos.

A Unilever continua a testar na área de recargas em loja, mesmo em ambiente Covid-19, e tem mais projetos pilotos planeados globalmente. Este mês, no Reino Unido, lançou o seu maior teste de recarga em loja na Europa em algumas das suas marcas de lavagem de roupa, higiene pessoal e chás.

Plant Based

Parlamento Europeu vota contra proibição dos termos cárnicos nas alternativas vegetais

Delta Q TikTok

Delta Q à procura de Tik Tokers para representar a marca durante 6 meses