in

Moody’s baixa perspetivas para o sector retalhista europeu

Foto Shutterstock

A Moody’s reviu em baixa a sua perspetiva para o retalho europeu, de estável a negativo, dadas as condições mais hostis em termos operacionais.

A rentabilidade de muitos retalhistas tradicionais está sob pressão, já que reduzem os preços para limitar a queda no volume de vendas”, explica David Beadle, vice-presidente e diretor de crédito da Moody’s. “Esperamos um crescimento modesto das vendas a retalho no geral e a redução das margens do sector, devido à mudança contínua na procura no sentido das lojas discount e dos especialistas online, que operam com margens mais reduzidas”.

A agência de notação financeira prevê que 40% dos retalhistas que qualifica na Europa registará menos lucros este ano do que em 2017 e/ou 2018. Em outubro do ano passado, a estimativa era de 20%.

O crescimento das vendas online deverá manter-se a um dígito elevado ou a dois dígitos baixos, com algumas variações por segmento e região. Este crescimento significa que o número de clientes está a diminuir nas lojas físicas.

Publicidade

Publicidade

15% das vendas líquidas da Mondelez vêm do controlo de porções

DIA salva-se da insolvência