in ,

Media Markt estreia em Matosinhos novo conceito de loja a nível europeu

A Media Markt abriu em Matosinhos a sua loja mais digitalizada e experiencial em Portugal e a primeira do grupo a adotar um novo modelo operacional de negócio. Com esta loja, a Media Markt atinge 10 pontos de venda em Portugal.

Com esta loja, a empresa quer estabelecer novos parâmetros para o futuro do retalho e oferecer a experiência de compra do amanhã. “A Media Markt Matosinhos abriu as portas à mudança. O objetivo é reformular todos os estabelecimentos da Media Markt em Portugal de modo a adaptá-los ao novo modelo. Com este projeto, a Media Markt aposta fortemente no mercado português, onde vê grandes possibilidades de crescimento”, explica Manuel Coimbra, diretor regional da Media Markt em Portugal.

A abertura do décimo estabelecimento em Portugal gerou 90 novos postos de trabalho diretos. 

O projeto implementado em Portugal é um projeto-piloto que supõe uma transformação do modelo operacional da empresa. “Também as rápidas mudanças nos hábitos de compra dos clientes e as novas possibilidades que oferecem as tecnologias abrem um grande número de oportunidades e exigências, algo que a Media Markt pretende liderar mediante a transformação do maior modelo de negócio no mundo do retalho“.

Esta iniciativa redefinirá a estrutura interna da Media Markt com novas funcionalidades e a digitalização dos processos atuais, com o objetivo de ganhar em eficiência e relevância para os clientes. O projeto inclui o desenvolvimento de plataformas que ligam todos os pontos de contacto do negócio, oferecendo aos clientes experiências personalizadas através de todos os canais de venda. “Praticamente todos os departamentos estão envolvidos neste projeto, ganhando em eficiência e qualidade: desde o customer experience ao supply chain, compras e marketing”, indica Manuel Coimbra.

O sistema trata também de toda a parte de gestão, logística e administração, permitindo que o pessoal da loja (Customer Solution Expert) possa dedicar-se por completo ao consumidor, a ouvi-los e a ter presente as suas preferências e necessidades. “É uma mudança de 360 graus a todos os níveis, que pretende colocar o nosso cliente no centro de todos os movimentos para que viva uma experiência de compras completamente digitalizada, mais dinâmica e conectada”, explica o diretor regional da Media Markt.

Uma das mudanças mais visíveis nas lojas é a implementação das etiquetas eletrónicas, “que garantem preços sempre atualizados e competitivos e que permitem que a equipa de loja possa dedicar-se exclusivamente aos clientes em vez de estar a alterar manualmente os preços de todos os produtos”, explica Manuel Coimbra.

Além disso, brevemente também será implementado um novo sistema de fidelização do cliente, que o avisa sobre as ofertas disponíveis quando visita a loja através de mensagens personalizadas. O desenvolvimento de elementos interativos que facilitam uma maior informação sobre o produto é outro elemento a destacar. É o caso dos “displays” digitais que permitem ao cliente comparar o produto com outros através da tecnologia Kinect da Microsoft, ou colocar ao alcance do utilizador um catálogo virtual tátil que mostra os produtos nas suas dimensões reais.

Publicidade

BP no Parque das Nações e Corroios tem novas lojas de conveniência Pingo Doce&Go

Luís Simões estabelece Código de Ética e Conduta