in

Mars persegue objetivo de uma cadeia de abastecimento de cacau sem desflorestação em 2025

A Mars anunciou o seu compromisso de poder operar uma cadeia mundial de abastecimento de cacau sem desflorestação em 2025, tendo colocado em marca uma série de medidas no âmbito da estratégia Cocoa for Generations, onde dá prioridade à rastreabilidade, luta com a desflorestação e melhoria das condições de vida dos pequenos agricultores.

Os planos de ação concernem a República da Costa do Marfim e a República do Gana, países onde se cultiva mais de 65% do cacau mundial, mas também os Camarões, Brasil, Indonésia e Equador.

A Mars indica que, atualmente, a cadeia de abastecimento de cacau não cumpre com os seus objetivos de sustentabilidade, pelo que irá investir mais de mil milhões de dólares nos próximos 10 anos. A primeira linha de trabalho é o reforço dos esforços para aumentar as receitas dos pequenos agricultores, proteger as crianças e preservar as florestas. A segunda é implementar um modelo para o cultivo sustentável de cacau.

A multinacional irá mapear 100% da cadeia de abastecimento de cacau através de GPS, promoverá a associação com fornecedores de cacau, governos e sociedade civil que partilhem do objetivo comum de preservar as florestas e trabalhar unicamente com fornecedores responsáveis e comprometidos com a estratégia Cocoa for Generations.

Publicidade

Publicidade

Millennials e Centennials têm padrões de compra distintos

Após aposta no smart fashion Lidl aposta no smart beauty