Makro
in ,

Makro vai lançar o seu próprio serviço de entrega de refeições ao domicílio

Serviço testado com uma dezena de estabelecimentos em Espanha

A Makro vai lançar, em Espanha, o seu próprio serviço de entrega de refeições ao domicílio, para concorrer com plataformas como a Deliveroo, Glovo, Uber Eats e Just Eats, cujas comissões Peter Gries, diretor geral da empresa grossista no país vizinho, considera um “abuso”.

Num encontro organizado pela Aecoc, a associação espanhola que congrega os interesses do sector do grande do grande consumo, o gestor destacou que a dependência de muitas empresas de restauração independentes têm destas plataformas agregadoras começa a pesar no sector, dado o valor das comissões cobradas, e saudou a iniciativa do Governo português de as ter limitado a 20%. “O ‘delivery’ é algo que deve ser democratizado. Os volumes duplicaram, neste último ano, e acontecerá o mesmo em 2021. É algo que veio para ficar e que vai ganhar relevância, mas não pode substituir, por completo, a experiência em restaurantes, sobretudo num país como Espanha”, acrescentou.

A Makro já começou a testar o seu serviço com uma dezena de bares e restaurantes espanhóis. A solução não assentará no modelo de comissões, mas sim de pagamentos fixos, pressupondo um pagamento inicial de 199 euros para a instalação do sistema e uma quota mensal de 49 euros. “Assim, o empresário poderá calcular quantos pedidos são necessários para o rentabilizar”, destacou.

 

2020

Neste mesmo encontro, Peter Gries aludiu ao exercício de 2020, onde as vendas da filial espanhola da Metro caíram 17%, penalizadas pelo impacto da pandemia no sector da restauração, que não pode ser compensado pela abertura das lojas Makro ao consumidor final, tal como aconteceu em Portugal. “Não nos deixaram. Pedimos aos ministérios, às comunidades autónomas… Tentámos abrir, mas não nos deixaram como noutros países, como em Portugal”.

Para 2021, a Makro prevê melhorar os resultados do ano anterior, mas sem que isso signifique atingir os valores de 2019.

bebidas alcoólicas

Europa quer lista de ingredientes e alerta de saúde nas bebidas alcoólicas

Lidl

“Esqueçam as perdas, concentrem-se no panorama global”, defende o Lidl