in

Edgar & Cooper lança alimentação 100% vegetal para cães

A Edgard & Cooper acredita nos poderes dos vegetais frescos e das frutas saudáveis. Por isso, na procura por uma oferta mais completa para donos e animais, apresenta agora as primeiras receitas à base de vegetais: Cenoura Crocante e Curgete e Beterraba Crocante e Abóbora.

Sem produtos de origem animal, a ração à base de vegetais contém tudo o que o cão precisa para se desenvolver. Estas receitas usam uma combinação de vegetais e arroz para garantir que estejam repletas de proteínas e que o cão receba exatamente o que precisa.

 

Os cães são omnívoros

É verdade que os cães descendem de lobos, que são carnívoros, mas evoluíram para omnívoros, explica a Edgar & Cooper. “Se deixados por sua conta, os cães comeriam sem problema uma variedade de alimentos diferentes. Antes de haver comida embalada para cães, estes eram alimentados com tudo o que comemos, pelo que os seus gostos começaram a assemelhar-se aos nossos”.

Como os humanos, os cães sentem-se melhor quando obtêm todos os nutrientes de que precisam, especialmente quando esses nutrientes advêm de ingredientes de qualidade. “Os cães podem obter nos vegetais todos os nutrientes de que precisam. É um compromisso da Edgard & Cooper trazer o melhor dos ingredientes. São escolhidos vegetais recém colhidos e garantidas todas as vantagens, com processamento mínimo. As receitas vegetais são plenas de sabor, combinando pelo menos sete vegetais com três frutas diferentes”.

 

Sustentabilidade

A sustentabilidade sempre fez parte da filosofia Edgard & Cooper e o plano é reduzir o impacto das receitas sem comprometer o seu sabor e qualidade. Em comparação com a carne, as receitas vegetais criam 43% menos emissões de CO2e (equivalente ao dióxido de carbono).

Publicidade

Johnson & Johnson

Joaquín Duato é o novo CEO da Johnson & Johnson

preços

Governo alarga âmbito de proibições de práticas comerciais desleais