in

Covid-19 leva consumidores a repensar os seus estilos de vida

Foto Shutterstock

O Índice da Tetra Pak de 2021 investiga como a motivação e o comportamento do consumidor estão a mudar, a nível mundial, e como algumas tendências permanecerão relevantes no mundo pós-pandemia

A Covid-19 levou os consumidores a repensar os seus estilos de vida e a mudar fundamentalmente a forma como agem. Veio reforçar o valor atribuído às relações humanas, quer se trate do tempo passado no lar, com a família, como dos relacionamentos com os indivíduos que constituem o círculo externo. As experiências partilhadas em torno de refeições e bebidas desempenham um papel fundamental nos relacionamentos.

 

Prioridades

Fundamentalmente, as fragilidades, a nível pessoal, económico e ambiental resultantes da pandemia, sentidas à escala global, vieram transformar uma mera atitude de preocupação por parte dos consumidores numa forma de estar proativa e num desejo de zelar pela segurança dos alimentos, do planeta e das comunidades. Assim, a segurança alimentar, a todos os níveis, representa a principal prioridade dos consumidores, após a pandemia ter evidenciado os problemas de saúde e os pontos fracos dos sistemas alimentares.

As preocupações com o ambiente assumem um papel preponderante, nomeadamente a poluição e a acumulação de resíduos de plástico nos oceanos (83%), assim como o aquecimento global são referidos por mais de três quartos (78%) dos consumidores em nove países. De facto, sobrepõem-se ao desperdício alimentar (77%) e à acessibilidade aos alimentos (71%). Além disso, quase metade (49%) da população global reconhece agora o impacto das decisões diárias no ambiente. “O Índice Tetra Pak deste ano revela contributos interessantes sobre o empenho dos consumidores em ajustar o seu estilo de vida de forma prática e quotidiana, de forma a fazerem a diferença de maneira positiva, enquanto procuram um futuro mais resiliente e sustentável. Há um evidente aumento no que diz respeito aos valores tradicionais e para o ‘regresso às origens’, nomeadamente um maior enfoque na comida caseira, nas refeições com a família e na minimização do desperdício. A pandemia veio reforçar o consumo responsável como uma tendência chave, que se reflete tanto nas opções alimentares das famílias como na escolha das empresas onde decidem comprar, materializando-se numa maior exigência de ação por toda a sociedade”, afirma Adolfo Orive, presidente e CEO da Tetra Pak.

Publicidade

Nestlé Extrafino Lion

Nestlé lança edição limitada Nestlé Extrafino Lion

Bimbo

Bimbo implementa sistema de distribuição sustentável