in ,

Comércio eletrónico chinês vai valer mais de 2,47 biliões de euros em 2024

Foto Shutterstock

O mercado chinês de comércio eletrónico irá valer mais de três biliões de dólares, cerca de 2,47 biliões de euros, em 2024, crescendo 12,4%, de acordo com os dados da GlobalData.

Este ano, as vendas online na China deverão aumentar 17,2%. “Nos últimos cinco anos, o comércio eletrónico chinês evoluiu rapidamente, suportado pela elevada penetração da Internet e dos smartphones, o aumento da confiança dos consumidores nas compras online, a emergência das plataformas de e-commerce e a disponibilidade de soluções de pagamento alternativas, como o Alipay e o WeChat Pay”, comenta Nikhil Reddy, analista na GlobalData. “A pandemia de Covid-19 acelerou ainda mais esta tendência, uma vez que os consumidores estão crescentemente a usar os canais online para as suas compras”.

 

Online ultrapassa o físico

De acordo com dados do gabinete de estatísticas chinês, as vendas a retalho totais de bens de grande consumo caíram 3,9%, em 2020, contudo, as vendas online aumentaram 14,8%, durante o mesmo período, catalisadas pela adoção de soluções alternativas de pagamento.

A GlobalData considera que esta tendência positiva deverá manter-se nos próximos anos. A título de exemplo, em fevereiro, o Alibaba avançou que as suas vendas do quarto trimestre de 2020 cresceram 37%.

Publicidade

GS1 Portugal

GS1 Portugal apoia transição digital das empresas

preços

FAO: preços mundiais dos produtos alimentares continuam a subir