in

Casa vendida à atual equipa de gestão

Foto StockPhotosArt/Shutterstock

A família Blokker vai vender a Casa International à sua atual equipa de gestão e à empresa de investimento Globitas, especializada no relançamento de companhias em dificuldade.

Os detalhes financeiros da operação não foram divulgados.

 

Prejuízos acumulados

No início de 2020, a família Blokker salvou a Casa do colapso ao converter 69,5 milhões de euros de dívida em capital. Desde então, não houve quaisquer melhorias. Em janeiro, a cadeia teve de vender o seu novo centro de distribuição, em Olen, numa operação de “sale and lease back”, à CBRE Global Investors. A transação rendeu-lhe 57 milhões de euros.

Há algum tempo que a Casa vinha a acumular prejuízos e a crise causada pelo novo coronavírus veio piorar ainda mais a situação em que se encontrava.

 

Acelerar o crescimento

Cabe agora à atual CEO, Giane Van Landuyt, com o apoio da Globitas, de inverter a tendência e acelerar o crescimento. “Vemos bastantes oportunidades para ajudar a Casa a fazer a transição para um forte operador omnicanal pan-europeu no segmento do retalho home & living”, destaca Arthur Clement, partner na Globitas.

Publicidade

Lisboa ao pôr do sol

Lisboa é a terceira cidade mais inovadora do mundo

Digitalização

E-commerce vai representar metade do crescimento do retalho global em 2025