queijo
Queijo Serra da Estrela Foto Shutterstock
in

40 mil euros atribuídos a empreendedores na produção de leite para Queijos DOP Região Centro

A segunda edição dos prémios Vale Pastor irá atribuir oito vales de cinco mil euros cada a empreendedores das regiões DOP da Serra da Estrela e da Beira Baixa, no valor total de 40 mil euros. Esta ação, incluída no Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro, liderado pelo Inovcluster, contará com uma cerimónia oficial, no dia 8 de julho, na qual irão participar, entre outros convidados institucionais, Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial.

A atribuição dos prémios Vale Pastor”acontece este ano, em Oliveira do Hospital, na sede da ANCOSE. Esta ação, que conta já com a sua segunda edição, está inserida no Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro e tem como entidades promotoras as Comunidades Intermunicipais da Região de Coimbra, Beira Baixa, Beiras e Serra da Estrela e Viseu Dão Lafões. A primeira edição, que aconteceu em 2021, embora sem realização de cerimónia presencial devido ao contexto pandémico, atribuiu 15 vales no valor total de 75 mil euros.

O programa da cerimónia de entrega dos prémios Vale Pastor segunda edição irá iniciar-se com a visita a uma empresa agrícola de cariz familiar, onde se produz leite e queijo Serra da Estrela DOP e da qual a proprietária é também uma das contempladas com o Vale Pastor. A entrega oficial dos Vales Pastor aos respetivos contemplados terá lugar pelas 12 horas, na sede da ANCOSE, uma das entidades que compõem a parceira do projeto.

Estarão presentes a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, os representantes das Comunidades Intermunicipais das Beiras e Serra da Estrela, Beira Baixa, Região de Coimbra e Viseu Dão Lafões, a Inovcluster, líder do projeto, bem como as restantes entidades parceiras do Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro.

 

Vale Pastor

O Vale Pastor, assim como outras ações que este projeto tem vindo a desenvolver, tem como objetivo ajudar ao incremento da produção de leite e queijo nas Regiões DOP da Beira Baixa, Rabaçal e Serra da Estrela, com vista à sua valorização. Uma das iniciativas inseridas no Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro foi, precisamente, a instituição deste concurso. O Vale Pastor visa atribuir um prémio monetário de cinco mil euros a empreendedores já instalados ou que queiram instalar-se na atividade da agropastorícia para produção de leite e seu fornecimento a queijarias que produzam queijos com DOP na região Centro e que concluíram com sucesso a segunda edição da ação formativa Escola de Pastores.

De relevar que a Escola de Pastores tem sido um importante instrumento de qualificação que contribui para a valorização económica da fileira dos queijos DOP da região Centro, pelo reforço e perpetuação desta profissão, mas também pela promoção, inovação, valorização e aumento da sua competitividade.

Este é um esforço conjunto que vem sendo articulado não só no terreno com os agentes diretos da fileira, os produtores e potenciais produtores, mas também com toda a parceria envolvida no Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro, reforçando o necessário investimento, rejuvenescimento, atratividade e perpetuação desta atividade ligada a um produto tão nobre e endógeno como são os Queijos da Região Centro com DOP”, sublinha Patrícia Coelho, presidente do Inovcluster.

O Programa de Valorização da Fileira dos Queijos da Região Centro é um Projeto cofinanciado pelo CENTRO 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Coca-Cola

Coca-Cola faz 45 anos em Portugal

portugueses

Millennials portugueses querem um futuro mais sustentável; Geração Z prefere igualdade e inclusão