in

Vida ao Avesso: Cazas Novas lança novas colheitas

Cazas Novas Colheitas 2022

As novas edições dos vinhos Cazas Novas Colheita, Pure e Origem já se encontram disponíveis no mercado.

A Quinta das Cazas Novas é uma emblemática propriedade, património da família Cunha Coutinho há sete gerações, onde a ligação à terra e à agricultura foi sempre central e, nas últimas duas décadas, a viticultura assumiu importância especial, o que resultou na implementação “da maior área de Avesso existente no país: um total de 24 hectares distribuídos entre várias vinhas localizadas num raio de dois quilómetros (em particular, em propriedades como a Quinta das Cazas Novas, a Quinta de Guimarães, a Quinta do Adro e a Quinta das Tias, enquadradas por área agrícola e florestal de cerca 100 hectares)”.

É, assim, em Santa Marinha do Zêzere, Baião, no sudeste da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, já em pleno vale do Douro, que nasce o projeto Cazas Novas, “propondo uma viagem pelo estudo e interpretação de uma das mais entusiasmantes castas brancas portuguesas – o Avesso”. Com particular expressão na sub-região de Baião, onde, na transição para o vale do Douro e nos solos pobres que marcam as vinhas de encosta, o Avesso se apresenta como uma casta vigorosa, “apreciadora do clima seco, dos invernos frios e dos verões muito quentes. Define-se pela maturação tardia e assim exibe toda a sua qualidade. E é precisamente aí que surge a Quinta das Cazas Novas e a inspiração para a marca que se propõe estudar e dar vida ao Avesso”.

Cazas Novas

 

Novas colheitas

Perante tal património, quatro amigos apaixonados pelo sector do vinho lançaram-se na missão de interpretar o Avesso. A ideia nasceu, em 2011, entre Carlos Coutinho (sétima geração da família Cunha Coutinho, empreendedor agrícola), Diogo Lopes (enólogo), Vasco Magalhães (marketing e vendas) e André Miranda (produção). Mas o projeto ganhou relevância maior nos últimos anos, à medida que os estudos realizados começaram a trazer ao mercado, de forma consistente, novas colheitas e novas expressões 100% Avesso, que agora se renovam, com a chegada ao mercado das edições nascidas na vindima de 2022, apresentadas pelo enólogo Diogo Lopes.

 

Cazas Novas Colheita 2022

“É o primeiro vinho do projeto e o que, inicialmente, nos levou a aprender muito, no processo de estudo da casta. Na origem deste lote estão parcelas mais próximas do rio Douro, onde há mais calor e mais energia e onde se concentra mais fruta. Potenciamos também o lado aromático da variedade. A casta é muito versátil e permite-nos, desde logo, conseguir um vinho bastante apelativo e atrativo. Uma proposta para o dia-a-dia, para os grandes dias de calor e de verão, em que queremos a identidade de um Vinho Verde, com excelente frescura e acidez,e com bastante originalidade”.

PVP: 7€

 

Cazas Novas Pure 2022

“O Pure foi o nosso segundo vinho a nascer neste projeto. Cedo começámos a perceber as diferenças entre as diferentes altitudes e patamares e, com este vinho, queremos mostrar o carácter mais autêntico e mais puro do Avesso criado em altitude. Temos aqui um vinho que pode ser um grande estandarte daquilo que é a identidade da casta, pleno de frescura e com bastante mineralidade. Uma interpretação mais fidedigna da variedade, muito autêntica e que representa toda a essência do terroir que temos em Baião”.

PVP: 15€

 

Cazas Novas Origem 2022

“O Origem é a interpretação mais especial do Avesso, com fermentação das melhores parcelas em barricas de carvalho francês, de modo a ganhar complexidade, estrutura e untuosidade, tornando este vinho um pouco mais sério e indo para lá daquele perfil do clássico vinho verde. Um Avesso com potencial de envelhecimento, para crescer em garrafa e continuar a evoluir. Esta é uma das castas mais versáteis da região, permite-nos fazer vinhos distintos e reforça-nos a ideia de que esta é uma das melhores regiões de brancos do país”.

PVP: 22€

 

Siga-nos no:

Google News logo

Mulher olhando para uma garrafa de suco de laranja em um supermercado

Marcas de fabricante apresentam potencial de retenção de compradores para todos os retalhistas

Marktest refeições

3,5 milhões consomem no trabalho ou escola refeições preparadas em casa