in ,

Vendas da Unilever caem 0,9%

Foto Shutterstock

As vendas da Unilever totalizaram12.328 milhões de euros, durante o primeiro trimestre, menos 0,9% que no período homólogo de 2020.

Apenas o negócio de alimentação teve uma evolução positiva, aumentando 6%, para os 4.690 milhões de euros. Em sentido inverso, as vendas de produtos de beleza e de cuidados pessoais caíram 5%, para os 5.034 milhões de euros, enquanto que as de cuidado do lar contraíram 4,2%, para os 2.604 milhões de euros.

Na Europa, a Unilever faturou 2.575 milhões de euros, 3,2% menos, enquanto na América as vendas retraíram 6%, totalizando 3.795 milhões de euros. Na região formada pela Ásia, Médio Oriente, Turquia, Rússia, Ucrânia e Bielorrússia as vendas cresceram 3,7%, para os 5.958 milhões de euros.

 

Criação de uma nova unidade

Para Alan Jope, CEO da Unilever, esta teve um bom começo de ano. “O nosso foco na excelência operativa, na inovação e nas marcas com propósito é contínua, fortalecendo a competitividade e gerando um crescimento subjacente das vendas de 5,7% no primeiro trimestre”.

O gestor indica que a separação do negócio de chá está em curso e que foi criada uma nova unidade, designada de Elida Beauty, onde estão várias das marcas mais pequenas de beleza e cuidados pessoais.

Publicidade

Maxi Burguer Brioche

Bimbo lança Maxi Burguer Brioche

Coffee Break

Coffee Break é a nova cerveja artesanal onde o café é protagonista