in ,

Vendas da PepsiCo positivas no 1.º semestre

Foto Radu Bercan/Shutterstock

A PepsiCo faturou 26.321 milhões de euros, durante o primeiro semestre, mais 1,68% que no período homólogo de 2019.

A multinacional norte-americana obteve um lucro líquido de 2.633 milhões de euros, menos 13,45%. “Apesar de enfrentar desafios e complexidades importantes por causa da pandemia, os nossos negócios tiveram um desempenho relativamente bom durante o trimestre, com um notável nível de resistência do nosso negócio global de aperitivos e comida”, assinala Ramón Laguarta, presidente e CEO da PepsiCo.

 

Melhoria do negócio com alívio das restrições

Durante o segundo trimestre, a empresa faturou 14.069 milhões de euros, menos 3,06% face ao período homólogo de 2019. O lucro líquido caiu ainda mais, 19,1%, para os 1.452 milhões de euros. Não obstante, Ramón Laguarta observa uma melhoria do negócio, à medida que as medidas de restrição iam aliviando.

Por zonas geográficas, as vendas nos Estados Unidos desceram 6,6%, no segundo trimestre, mas a unidade Frito Lay cresceu 6,5%. Na Europa, as vendas diminuíram 9,2%, na América Latina 16,9% e na Ásia Pacífico 1,4%.

A multinacional assinala que continua a haver muita incerteza quanto ao futuro, mas que conta com liquides para satisfazer as necessidades do negócio.

Publicidade

Stuart

Cinco tendências pós-Covid no “delivery”

Alvarinho Deu La Deu Selvagem

Adega de Monção lança Alvarinho Deu La Deu Selvagem