in

Torrestir anuncia investimento de 45 milhões de euros

O Grupo Torrestir recebeu, na passada sexta-feira, dia 29 de maio, na sua sede em Braga, o secretário de Estado do Planeamento, José Gomes Mendes, e o secretário de Estado das Infra-estruturas, Jorge Delgado. A criação de 200 postos de trabalho, ainda em 2020, o investimento de 45 milhões de euros na renovação da frota, na construção de uma nova sede e de uma plataforma logística foram os temas abordados.

Resposta à Covid

Com uma faturação superior a 220 milhões de euros, a Torrestir, que emprega mais de duas mil pessoas, detém atualmente uma posição de destaque na área de logística e transportes de mercadorias a nível nacional e internacional. Nesta fase de Covid-19, reforçou a sua capacidade de distribuição de bens alimentares e produtos farmacêuticos. A Torrestir Distribuição estendeu os seus serviços, passando a fazer entregas ao domicílio, onde se verifica uma necessidade acrescida de entregas de produtos essenciais. Também através da sua subsidiária Torrespharma, faz entregas diárias nas farmácias, hospitais e clínicas, bem como entregas ao domicílio.

Tivemos de adquirir alguma frota nova para fazer a distribuição de bens alimentares. Criámos parcerias com pequenos agricultores e pequenas fábricas de queijo e enchidos, que apostaram na preparação e venda de cabazes, para além de estarmos a fazer também a distribuição de medicamentos porta-a-porta. Tivemos de contratar espaço em aviões na China, para trazer material médico e máscaras. Trabalhámos noite e dia, o que não é fácil, para conseguirmos chegar a tempo”, afirma Fernando Torres, presidente do Grupo Torrestir.

“Reservávamos os voos. Hoje, era um preço, amanhã, já era outro e tudo era pago adiantado. Não foi fácil, mas já estamos habituados às pressões, fazemos a distribuição no nosso país em 24 horas, fazemos em Espanha, parte em 24 horas e a outra parte em 48 horas, fazemos a Europa em 48 horas, já estamos habituados às pressões. Temos uma frota nova, não colocámos ninguém em layoff, mantemos o pessoal todo, pagámos os nossos impostos, não nos atrasámos em relação a ninguém e temos tudo em dia, isso é um prazer muito grande para nós”, acrescenta.

 

Visita

Sobre esta visita, José Gomes Mendes fez um balanço muito positivo. “Visitámos uma das empresas mais importantes do município e da região e, no seu sector, uma das mais importantes empresas portuguesas. No período em que nos habituámos a elogiar, e bem, aqueles que cuidaram da nossa saúde, na minha galeria dos heróis tenho também as empresas de logística e transportes. Permitiram que, apesar de todas as dificuldades, conseguíssemos ter produtos em casa e que alguns sectores da economia continuassem a trabalhar. Isto deve-se às empresas de transportes e logística, que são também heróis e a quem eu queria também deixar aqui este agradecimento”.

Publicidade

Confiança

Portugal com maior queda de confiança mundial em abril

Pagamento

Triplicam as empresas que trabalham com prazos de pagamento superiores a 120 dias