in

Too Good To Go desafia marcas a mudar rótulos de validade

A Vaca que ri é a primeira marca a aceitar o desafio

Foto Stephan Melzer/Shutterstock

A Too Good To Go apresenta o rótulo “Observar, Provar, Cheirar”, uma iniciativa que pretende não apenas sensibilizar os consumidores perante os diferentes prazos de validade, como também desafiar e apoiar as marcas neste processo de educação, face à validade dos seus próprios produtos.

A primeira marca a aceitar o desafio, e a incluir esta adaptação nos seus rótulos, é a A Vaca que ri, da BEL. Até março de 2021, mais de um milhão de caixas de 16 e 24 porções passam a incluir esta adição ao habitual rótulo da embalagem do produto, de modo a relembrar o consumidor que, dependendo de cada tipo de rótulo, pode e deve confiar nos seus sentidos.

Desperdício alimentar
A Too Good to Go relembra que, à escala global, está-se a deitar fora um terço de todos os alimentos produzidos. Ou seja, não são consumidos e acabam no lixo 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos adequados ao consumo humano. Segundo a Comissão Europeia, 53% dos consumidores não sabe o significado do rótulo “consumir de preferência antes de”, pelo que, muito provavelmente, também por esta via, uma enorme quantidade de comida esteja a ser desperdiçada.

Em Portugal, estima-se que, por ano, os portugueses deitem para o lixo um milhão de toneladas de alimentos, em média 132 quilogramas de comida por ano, por pessoa, sendo que as famílias desperdiçam 324 mil toneladas.

Esta nova iniciativa de compromisso da Too Good To Go, que está também a ser desenvolvida noutros países onde a aplicação está presente, lembra de passos básicos que não devem ser descurados: “Antes de deitar fora: Observar, Provar, Cheirar”.

Segundo a Country Manager da Too Good To Go Portugal e Espanha, Madalena Rugeroni, “pequenas alterações de comportamento e atitudes não só são urgentes, como podem contribuir direta e ativamente no peso do impacto ambiental, social e económico, do desperdício alimentar”, sublinhando que a colaboração de todos os profissionais e marcas do sector é fundamental.

 

Too Good To Go

A Too Good to Go surgiu em Portugal em finais de outubro de 2019 e conta, à data, com uma comunidade de mais de 470 mil utilizadores e mais dois mil parceiros, desde restauração até grandes grupos da indústria alimentar, como Auchan, Intermarché, Meu Super, Nestlé e Danone. Juntos, estes parceiros já salvaram mais de 280 mil refeições do desperdício, o que equivale a 700 toneladas de CO2e que não foram libertadas para a atmosfera, caso essas refeições fossem desperdiçadas, o equivalente a 1.834 voos de Lisboa-Londres.

Em linha com este desempenho nacional, estão os números globais da Too Good To Go que, num universo de 15 países, já conta com uma comunidade de 26 milhões de utilizadores e mais de 71 mil estabelecimentos. Juntos já salvaram cerca de 47 milhões de refeições, o que equivale a mais de 118 mil toneladas de CO2e.

Publicidade

James Martin’s

Whisky escocês James Martin’s regressa a Portugal numa edição limitada

MyCloma

Auchan e MyCloma juntas no combate ao desperdício têxtil