in

Sonae aumenta vendas em 8,8% no 3.º trimestre

No terceiro trimestre, o volume de negócios da Sonae cresceu 8,8%, para 1.674 milhões de euros, contribuindo para que, nos primeiros nove meses de 2019, as vendas tenham atingido os 4.635 milhões de euros, mais 10,2% face ao ano passado.

Este forte nível de crescimento foi sobretudo impulsionado pela Sonae MC, mas também por um conjunto de aquisições realizadas nos últimos 12 meses, em especial a compra da participação de 20% na Sonae Sierra e o investimento, por parte da Sonae MC, numa participação de controlo na Arenal. Mas, mesmo excluindo estas aquisições, o crescimento do grupo teria atingido 5% nos primeiros nove meses do ano“, explica Cláudia Azevedo, CEO da Sonae.

O EBITDA subjacente seguiu também uma tendência positiva e melhorou 21,1%, no terceiro trimestre, para 162 milhões de euros, e 23,5%, para 402 milhões de euros, nos primeiros nove meses de 2019.

O resultado líquido atribuível aos acionistas mais do que duplicou no terceiro trimestre, aumentando de 24 milhões de euros para 50 milhões de euros, traduzindo o crescimento das vendas e da rentabilidade operacional, bem como as mais-valias relacionadas com a gestão ativa do portfólio.

Adicionalmente, o investimento ascendeu a 275 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2019, mais de um milhão de euros por dia, sendo de destacar o investimento realizado pela Sonae MC na aquisição da rede de parafarmácias e cosmética espanhola Arenal e da Sonae IM na aquisição de participações na Cellwize, CB4 e Daisy Intelligence.

No retalho alimentar, a Sonae MC aumentou o seu volume de negócios em 9,5%, para 3.427 milhões de euros, nos primeiros nove meses de 2019. Este crescimento foi sustentado por uma forte evolução das vendas no parque de lojas comparáveis em todos os segmentos, impulsionado sobretudo pelo aumento dos volumes, bem como pela expansão, com a abertura de 58 novas lojas operadas pela empresa (incluindo nove lojas Continente Bom dia e duas lojas Continente Modelo) durante os primeiros nove meses, e pela aquisição da Arenal no início do ano.

Em termos de rentabilidade, o EBITDA subjacente da Sonae MC cresceu de 299 milhões de euros para 340 milhões de euros, nos primeiros nove meses, correspondendo a uma margem de 9,9% nos primeiros nove meses, uma referência no sector.

No retalho de eletrónica, a Worten atingiu um volume de negócios de 744 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2019, com as vendas de retalho em Portugal e nas ilhas Canárias acima do ano passado, apesar da evolução negativa das categorias sazonais em agosto, devido sobretudo às temperaturas atipicamente baixas na Ibéria e do programa de ajustamento da operação de Espanha em curso.

O marketplace da Worten produziu resultados acima das expectativas, ajudando a impulsionar o crescimento das vendas online em quase 50% em termos trimestrais. Em agosto, a Worten reforçou a sua proposta de valor, tornando disponível em todas as lojas físicas a gama completa de produtos do m. O EBITDA subjacente fixou-se em 29 milhões de euro com uma margem de 3,9%.

A Sonae Sierra registou um crescimento de 3,4% do volume de negócios, nos primeiros nove meses de 2019, para 164 milhões de euros, continuando a registar um sólido desempenho operacional, sustentado por um crescimento orgânico do seu portfólio de ativos (4% crescimento like for like de vendas e 3,6% crescimento like for like das rendas na Europa), pela abertura de um centro comercial na Colômbia e por um bom desempenho da divisão de serviços.

Em relação à sua estratégia de reciclagem de capital, a Sonae Sierra concluiu  a venda das suas participações no Algarveshopping, no Albufeira Retail Park e no Alexa, no terceiro trimestre, gerando um encaixe de cerca de 45 milhões de euros no trimestre e mais de 80 milhões de euros no ano.

É de realçar também a concretização da fusão da Sonae Sierra Brasil com a Aliansce Shopping Centres, que deu origem ao maior operador de centros comerciais no Brasil. Desde o anúncio da fusão, o valor de mercado da entidade combinada mais do que duplicou.

Fnac chega a Viana do Castelo com a 32.ª loja em território nacional

Ervideira apresenta Branco de Inverno