in ,

Sector tecnológico perde 53 mil pontos de venda em seis anos

O sector dos produtos de consumo tecnológicos perdeu um quarto da sua oferta comercial na Europa Ocidental nos últimos seis anos, cerca de 53 mil pontos de venda.

Em Portugal, perderam-se 975 pontos de venda, ou seja, 13,4% da oferta comercial. Segundo os dados apresentados por Miguel Faias, Retail Manager na GfK Portugal, na conferência promovida esta quarta-feira, dia 14 de abril, e que juntou centenas de profissionais do sector no Museu do Oriente, em Lisboa, entre 2014 e 2015 contabilizam-se menos 4.500 lojas a nível europeu.

Os principais afetados por esta redução de pontos de venda foram os mass merchandisers, com menos 1.131 lojas, e os independentes eletro, com menos 1.062. Mesmo as cadeias, apesar de continuarem a apresentar tendências positivas de abertura de novos pontos de venda (mais 140 entre 2014 e 2015), estão com crescimentos menos significativos.

De resto, esta tem sido a tendência desde 2010, com exceção do ano de 2014. A explicação reside no desenvolvimento do canal supermercado, que cresceu em pontos de venda, não obstante este ter uma importância reduzida para as vendas de tecnologia.

Publicidade

Vendas de computadores recuam 10%

Whirlpool Corporation apresenta design e produtos na EuroCucina 2016