SAMPEDRO
in

Sampedro celebra 100.º aniversário

2021 é uma data especial para a Sampedro, que atinge o marco histórico de um século, após um ano difícil, mas que soube superar, uma vez que registou números de crescimento de 16,7%, comparativamente a 2019, aumentou as exportações (89%), assistiu a um crescimento das vendas nos têxteis de cama (85% das vendas), mas sem descurar os artigos de banho (10%) e de mesa (5%).

Um legado incalculável. Um orgulho desmedido pelo que construímos. São 100 anos de histórias e de estórias de muitas gentes, marcados por obstáculos e desafios que nos prepararam para o que somos hoje. Somos uma empresa reconhecida nacional e internacionalmente pela qualidade dos seus produtos, pela seriedade, transparência e credibilidade na condução do negócio“, refere Simão Gomes, presidente do Conselho da Administração da Sampedro. “Somos uma empresa com capacidade de investimento e com uma sólida posição nos mercados internacionais, exportamos atualmente para 36 países, o que revela que estamos no caminho certo. Somos uma empresa que gera negócio e riqueza para o país, que privilegia o pequeno cliente e a venda personalizada em detrimento da venda em massa. E, o mais importante de tudo, somos uma empresa que cria e valoriza o emprego”.

 

Sampedro

Fundada em 1921, em Guimarães, a Sampedro é uma empresa familiar (está na quarta geração), 100% portuguesa, com mais de 160 colaboradores qualificados, diferenciando-se pela qualidade superior e design dos seus produtos.

A empresa vê agora terminada a primeira fase de um plano estratégico de investimentos de reestruturação, inovação e modernização, no valor de 15 milhões de euros, de melhoria de todo o seu método produtivo, desde os processos de tecelagem, tinturaria (em peça, em fio e em contínuo), estamparia, acabamentos e confeção.

Para Simão Gomes, o processo de modernização do parque tecnológico industrial tem de ser contínuo, por isso, “queremos melhorar ainda mais as condições de trabalho de todos os colaboradores, aumentar a capacidade produtiva instalada, incrementar a eficiência e flexibilidade dos seus processos. Investir em novas unidades produtivas, cujos serviços estão a subcontratar ao exterior, e investir em modelos globais de recuperações e racionalização energéticas que tornem a empresa autossuficiente”.

 

Futuro

A aposta no cliente e em novas estratégias no mercado nacional, e destaque para os mercados internacionais, implementando novas metodologias de organização interna, que potenciem abordagens e ações comerciais inovadoras, tanto nos mercados em que a empresa tem uma forte presença como nos mercados com potencial de crescimento, são algumas das prioridades.

Outro dos projetos, a curto prazo, é o investimento e exploração das suas competências de I&D no desenvolvimento de novos padrões e das potencialidades das novas tecnologias recentemente adquiridas, introduzindo em novos mercados produtos diferenciadores e atrativos.

O reforço da sua imagem, enquanto empresa global, e a divulgação da marca Sampedro junto do público-alvo e dos mercados (atuais e potenciais) serão fundamentais para atingir estes objetivos.

Arcor

Arcor lança barra de chocolate amargo com 70% de cacau

Porto de Lisboa

Porto de Lisboa lidera carga agroalimentar