H&M
Foto Koshiro K/Shutterstock.com
in

H&M sobe em 17% as vendas do segundo trimestre fiscal

A cadeia têxtil sueca Hennes & Mauritz (H&M) alcançou vendas líquidas de 5.131 milhões de euros, entre março e maio, o seu segundo trimestre fiscal, o que representa um aumento de 17,2% face às receitas registadas no mesmo período do ano anterior.

Sem ter em conta o impacto da taxa de câmbio, as vendas líquidas da H&M, em moeda local, entre 1 de março e 31 de maio, registaram um aumento homólogo de 12%, segundo a multinacional.

 

Contas

A empresa têxtil escandinava planeia publicar as suas contas para o primeiro semestre do seu ano fiscal, correspondendo ao período compreendido entre dezembro de 2021 e maio de 2022, em 29 de junho.

protetores solares

Preços de produtos sazonais acompanham subida da procura

FNAC Primavera Sound 2

Fnac assume posicionamento sustentável nos festivais de verão