in

Pressão social sentida pelos pais é o maior desafio à parentalidade

O Índice de Parentalidade 2020, um estudo realizado pela Kantar a pedido da Nestlé, é um novo e inédito instrumento que mede os níveis de dificuldade da parentalidade em todo o mundo. Através dele, foram consultados oito mil pais e mães em 16 países de quatro continentes e todos identificaram a pressão social como o maior desafio de hoje na tarefa de criarem filhos mais felizes e saudáveis, contribuindo com 23% do “score” global do estudo.

Os resultados deste estudo, que coloca a Suécia como o país com o ambiente mais propício a uma parentalidade mais fácil, são baseados numa amostra nacionalmente representativa de famílias de todas as dimensões, origens culturais e socioeconómicas, tendo cada uma, pelo menos, um bebé com idade de zero a 12 meses.

 

Índice de Parentalidade

O Índice de Parentalidade não foi criado para comparar se a parentalidade é mais fácil ou mais difícil consoante o país. O estudo partiu do pressuposto de que não há “certo” ou “errado” na educação dos filhos, razão pela qual não poderá ser encontrado qualquer juízo de valor. Trata-se de uma investigação sobre a forma como os pais e as mães se sentem em diferentes países, os desafios que enfrentam na evolução da sua parentalidade e os pontos onde revelam necessitar de maior apoio.

Neste índice, os diversos países são classificados de acordo com a forma como os pais percecionam a facilidade em criar os seus filhos no seu país, elencando os principais fatores que influenciam essas perceções. No total, são 11 os fatores universais encontrados para explicar as classificações do índice. Oito deles são baseados nos dados dos inquéritos realizados aos pais e os outros três nos dados macroeconómicos externos. O peso dos fatores parentais varia de país para país e não existe um lugar perfeito para se ser pai ou mãe.

Com os dados revelados por este estudo, é objetivo da Nestlé ajudar a melhorar a tarefa da parentalidade em todos os países onde está presente, contribuindo para reduzir algumas dessas dificuldades, para que os pais e mães tenham ao seu dispor ferramentas que lhes permitam concentrar-se na principal tarefa que têm em mãos: criar uma família feliz e saudável.

 

Nutrição infantil

À semelhança das origens da Nestlé na Suíça, foi também a nutrição infantil que deu origem à fundação da Nestlé em Portugal, em 1923.

Nesse ano, foi instalada em Avanca uma fábrica especializada em produtos lácteos, que trouxe para Portugal a mais relevante invenção na categoria dos produtos de alimentação infantil: a Farinha Láctea de Henri Nestlé, hoje sob a marca Cerelac, é uma das mais apreciadas do portfólio da Nestlé em Portugal.

Há 97 anos que a nutrição infantil tem sido uma prioridade para a Nestlé, não só com o desenvolvimento de produtos para bebés, mas também através da partilha de conhecimentos nutricionais que a empresa faz com os pais, nomeadamente, sobre a importância de uma boa alimentação nos primeiros mil dias de vida (desde a conceção, até aos dois anos), atuando como marcadores de uma maior qualidade de vida futura.

 

Nestlé Baby&Me

Este conhecimento partilhado tem a sua expressão máxima através do site Nestlé Baby&Me, que converte as pesquisas científicas mais recentes em conselhos e dicas práticas de nutrição.

O Nestlé Baby&Me visa aumentar a consciencialização para a importância da nutrição materna, mesmo antes do nascimento, bem como a importância do aleitamento materno e do suplemento alimentar após os seis meses de idade.

Em Portugal, e através do trabalho desenvolvido na fábrica de Avanca, a Nestlé tem sido um polo de inovação no que à nutrição infantil diz respeito. Na otimização de receitas de produtos, reduzindo teores de sal e de açúcar, na introdução de novas variedades com matérias-primas de origem biológica em gamas como as papas infantis Cerelac e ainda com a inovação disruptiva em snacks saudáveis para bebés, fabricados nesta fábrica e exportados para mais de 30 países.

Publicidade

Casa Peixoto

Casa Peixoto cresce mais de 5%

El Corte Inglés

El Corte Inglés entrega uma tonelada e meia de brinquedos à CVP