in

Politécnico de Leiria lidera projeto europeu para promover produtos inovadores e processos de economia circular em PME do sector agroalimentar

Foto Shutterstock

O Politécnico de Leiria está a liderar o projeto europeu ReinovaSi, que visa estimular o desenvolvimento de produtos e processos de produção inovadores adaptados aos princípios da economia circular nas Pequenas e Médias Empresas (PME) do sector agroalimentar.

A StartupLeiria e a OPEN – Oportunidades Específicas de Negócio também fazem parte do consórcio, constituído por um total de 12 entidades de Portugal e Espanha.

 

Participantes

Até ao momento, foram selecionadas 32 PME para participar no projeto, quatro das quais da região de Leiria, que foram submetidas a uma análise dos seus processos de produção, para identificar oportunidades de melhoria na utilização dos recursos do ponto de vista da economia circular.

As regiões Centro-Castela e Leão e Alentejo-Centro-Extremadura são as áreas de cooperação do ReinovaSi, que inclui um total de 17 NUTS III, selecionadas por serem áreas circundantes às cinco “grandes zonas urbanas”, onde estão localizados os parceiros do consórcio: Leiria, Castelo Branco, Évora, Valladolid e Badajoz.

A maioria das empresas selecionadas pelo ReinovaSi são micro e PME, que desenvolvem a sua atividade em subsectores como a fruta, carne, lacticínios, azeite, vinho ou apicultura, com algumas a trabalharem em produtos mais específicos, como licores, coalho, derivados de cereais e aloé vera. No caso da região de Leiria, foram selecionadas as empresas JDR & Filhos, Lda., Frutóbidos Licores e Transformação de Frutas Unipessoal Lda., Salsicharia Duarte e Goreti Dinis.

 

Eco-inovação

Durante a fase inicial do projeto, as empresas selecionadas participaram em cinco workshops, nos quais foram abordadas as diferentes metodologias em ecodesign e eco-inovação, estratégias empresariais de circularidade e histórias de sucesso na geração de valor e novos modelos empresariais baseados nas oportunidades oferecidas pela economia circular.

Além disso, foram apresentadas algumas ferramentas, como o cálculo da pegada hídrica ou a pegada carbónica, que permitem valorizar os esforços das organizações em tornar os seus processos mais circulares.

Numa próxima fase, 12 das 32 empresas serão apoiadas na conceção e implementação de um plano de ação que lhes permitirá tirar partido das oportunidades de melhoria, em termos de circularidade, identificadas. Este plano de ação pode consistir, por exemplo, no estudo de um subproduto que não tenha sido utilizado até então, para avaliar as suas possibilidades de revalorização ou a conceção de um plano de otimização para reduzir o consumo de energia.

ReinovaSI é um projeto de colaboração que teve início no final de 2019 e termina em março de 2022, sendo cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) ao abrigo do Programa INTERREG V-A Espanha – Portugal (POCTEP) 2014-2020, envolvendo institutos politécnicos, centros de investigação, incubadoras de empresas, clusters e câmaras de comércio.

Publicidade

Winemakers Collection Tinto Cao 2020_Gastrobar 3841_Altis Belém

Nova edição do Kopke Winemaker’s Collection Rosé Reserva – Tinto Cão 2020

Marca de Confiança Ambiente

10 Marcas de Confiança Ambiente 2021 dos portugueses