in ,

Pingo Doce promove campanha de recolha de manuais escolares usados

O Pingo Doce, em colaboração com o Ministério da Educação, vai promover, até ao dia 31 de julho, em algumas das suas lojas uma ação de recolha de manuais escolares usados.

Os clientes são, assim, desafiados a darem uma segunda vida aos manuais escolares do 5º ao 12º anos. Para isso, vão ser disponibilizados, na entrada de 12 lojas Pingo Doce, suportes para a recolha dos livros que, embora usados, estejam em condições de serem reutilizados.

No final da ação, os manuais recolhidos no Pingo Doce serão entregues aos Agrupamentos Escolares respetivos, que farão a seleção e a separação dos livros por ano para, posteriormente, serem encaminhados para as escolas do Agrupamento.

Esta iniciativa do Pingo Doce inscreve-se “no âmbito do seu esforço mais alargado para, por um lado, promover a democratização do acesso aos livros, nomeadamente por parte do público infanto-juvenil, e, por outro lado, reforçar a sensibilização para a reutilização e o prolongamento da vida dos bens de consumo”, explica o Pingo Doce em comunicado.

Luís Araújo, Diretor-Geral do Pingo Doce, afirma que “com esta iniciativa, inspirada no que se faz em muitos outros países e que mereceu o entusiasmo do Ministério da Educação desde a primeira hora, pretendemos colocar-nos ao lado das famílias, ajudando-as num tema que representa um investimento anual elevado. Para isso, contamos com a motivação dos nossos clientes para a importância deste contributo, através do qual podemos ajudar mais crianças a ter acesso aos livros escolares em boas condições e sem custos para as famílias.

Publicidade

“24 Horas de Logística” reúne 100 participantes na Sonae

Vista Alegre Atlantis produz frascos para o Whisky The Glenrothes Single Cask 1968