in

Philips vende negócio de eletrodomésticos à HillHouse Capital

Foto OKcamera/Shutterstock

A Philips vai vender, por 3.700 milhões de euros, o seu negócio de eletrodomésticos à Hillhouse Capital. A transação deverá estar concluída no terceiro trimestre.

O negócio de eletrodomésticos inclui as categorias de cozinha, café, engomar e cuidado do lar. Recorde-se que, nos últimos anos, a Philips já tinha alienado as divisões de iluminação, eletrónica de consumo, automação e entretenimento.

 

Acordo de licença

A divisão de eletrodomésticos é responsável por vendas no valor de 2.200 milhões de euros. Uma vez concluída a transação, a Philips e a Domestic Appliances irão assinar um acordo de licenciamento exclusivo para continuar a utilizar a marca Philips e as outras marcas de eletrodomésticos da Philips para o fabrico, venda e comercialização de produtos a nível mundial, durante um período de 15 anos, que é renovável.

 

Saúde

Encontrámos um novo lar para o negócio de eletrodomésticos expandir ainda mais a sua liderança no mercado, uma marca sólida e uma carteira de novos investimentos. Esta transação conclui os nossos principais desinvestimentos. No futuro, o nosso foco é ampliar a nossa liderança em tecnologia de saúde”, afirma Frans Van Houten, diretor executivo da Philips.

Os negócios da Philips na área da saúde estão avaliados em 3.200 milhões de euros.

Publicidade

Nestlé

Luís Cardoso nomeado para liderar equipa de Performance Acceleration na nova Unidade de Service Improvement do IBS da Nestlé

APED Gonçalo Lobo Xavier

Pandemia leva 1,5% das vendas no sector do retalho português