in ,

“O posicionamento mundial de Portugal tem que passar pela valorização do comércio e serviços”

Há mais de seis anos na liderança da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, João Vieira Lopes faz um balanço positivo do tempo que leva na presidência do organismo.

No 40.º aniversário da CCP, o presidente da confederação aponta o futuro e destaca a importância da valorização do comércio e serviços para a afirmação mundial do país. Disposto a discutir métricas e metodologias de subida do salário mínimo, alerta para a necessidade de repensar o modelo da Segurança Social, ao mesmo tempo que considera ser crucial um acordo de médio prazo entre os parceiros sociais e o sistema político que defina os parâmetros necessários pata reformular a economia portuguesa e adaptá-la ao século XXI.

O presente e o futuro do sector do comércio e serviços em Portugal pela voz do presidente da CCP, João Vieira Lopes, para ler na íntegra na edição n.º 42 da Grande Consumo. Leia aqui.

Publicidade

Grupo Metro divide-se em duas unidades de negócio

Lidl deixa de imprimir talões de compras nas suas lojas na Suíça