in

Novos métodos de pagamento impulsionam novos hábitos de consumo no período que antecede o Natal

Seja online ou na própria loja, na compra de presentes ou no desfrutar das festividades natalícias, os consumidores revelam optar pela velocidade e conveniência de cartões Contactless e novos métodos de pagamento, em detrimento do dinheiro físico.

De acordo com o estudo Digital Payments 2016 da Visa, existem 165 milhões de cartões Contactless e 3,4 milhões de terminais habilitados para NFC, em toda a Europa. A utilização dos mesmos cresceu de 36%, em 2015, para 52%, em 2016. Esta tendência não se encontra apenas reservada para os consumidores mais jovens.

A aceitação do Contactless aumentou em todas as faixas etárias e o maior aumento revela-se na faixa etária dos 55 aos 64 anos, que registou um crescimento de 64% desde 2015. A adoção de cartões Contactless tem vindo a ter um impacto tangível noutros métodos de pagamento.

Em toda a Europa, os utilizadores de cartões Contactless encontram-se mais dispostos a utilizar um dispositivo móvel como forma de pagamento numa loja (52% de utilizadores de cartões Contactless versus 32% de utilizadores não Contactless), a efetuar compras através de uma aplicação do retalhista (49% versus 31%) e para o pagamento de uma refeição (50% versus 30%).

Além do aproveitamento dos benefícios de pagamentos Contactless, os consumidores também reconhecem as vantagens de outros novos métodos de pagamento. Em 2016, 44% das pessoas inquiridas pela Visa admitiram utilizar aplicações de pagamento móvel, face aos 38% no ano passado. Quase metade (46%) concorda que dispor da opção de pagamento através do próprio dispositivo móvel ou wearable torna mais fácil a compra dos bens de que necessitam.

Esta conveniência adicional promove igualmente a aceitação do uso da carteira digital através diversos canais de compra. Os consumidores europeus estão interessados em utilizar carteiras digitais para efetuar compras cara-a-cara (37%), através de aplicações (51%) assim como online (56%). Os consumidores concordam que a maior conveniência (61%) e a capacidade de pagar a qualquer momento, em qualquer lugar (59%), constituem os principais benefícios. “A crescente familiaridade dos consumidores europeus para com os cartões Contactless tem vindo a normalizar o uso de carteiras móveis e outros pagamentos digitais. Este Natal iremos testemunhar uma série de diferentes métodos utilizados para pagar os presentes sob a árvore, bebidas comemorativas com os amigos e até mesmo o peru de Natal.Os consumidores encontram-se agora munidos de uma variedade de novas formas de pagamento, como wearables e uma gama de opções de carteiras digitais nos seus dispositivos móveis. Essas opções permitem aos consumidores efetuar compras na loja através de diversos métodos rápidos, fáceis e seguros. Este Natal, o sucesso dos retalhistas dependerá da sua capacidade de disponibilizar aos consumidores acesso ao seu método de pagamento preferido”, comenta Sérgio Botelho, Country Manager da Visa em Portugal.

O estudo Digital Payments da Visa também revelou que os consumidores têm vindo a recorrer a uma combinação de canais online e físicos ao efetuar compras, particularmente no caso de bens mais caros. Sete em dez consumidores europeus são “showroomers” que conhecem o produto na loja antes de comprar online, enquanto que 66% adoptam o “webroom”, o que significa que procuram o melhor preço online, antes de comprar o bem na loja do retalhista.

Apesar da ascensão das vendas de Natal online, o tradicional continua a ser uma parte integrante do comportamento dos consumidores. 60% ainda desfruta da experiência de interação com os vendedores e avaliação do potencial presente em pessoa.

Publicidade

Perrier-Jouët lança Edition Automne 2005

Frulact reforça aposta no mercado marroquino