in

Nestlé apenas usará ovos de galinhas livres de gaiola

Foto Shutterstock

A Nestlé estabeleceu um objetivo de usar apenas ovos de galinhas livres de gaiola, em todos os seus produtos alimentares, em todo o mundo, até 2025.

A multinacional suíça vai fazer a transição na Europa e nos Estados Unidos da América até ao final de 2020; no entanto, o objetivo vai ser atingido mais tarde nos restantes mercados. Na Europa, mais de 40% dos ovos para produtos e ingredientes da Nestlé já provêm de galinhas livres de gaiola, mas o grupo diz que a mudança pode ser mais desafiadora noutras regiões.

A Nestlé adianta que o seu objetivo é “melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável“, que inclui os padrões de bem-estar dos animais.

A empresa observa que esta mudança, em todo o mundo, exigirá tempo e investimento, mas garante que administrará a transição de forma “sustentável e económica“, garantindo que os consumidores continuem a ter acesso a alimentos acessíveis.

No ano passado, a Mondelez International, que produz marcas como Cadbury e Oreo, estabeleceu um objetivo semelhante.

Publicidade

Aplicação da Amazon permite ver itens dentro de casa usando realidade aumentada

Fabricante da cerveja Corona quer comercializar bebidas com canábis