in

Mondelez International mantém as vendas

Foto Pavel Kapysh/Shutterstock

A Mondelez International faturou 10.740 milhões de euros, no primeiro semestre, praticamente igualando as receitas obtidas no período homólogo de 2019.

Não obstante este crescimento de 0,1% nas vendas, os lucros caíram 27,5%, para os 1.096 milhões de euros.

A empresa apenas conseguiu crescer na América do Norte, onde as vendas aumentaram 16,3%, para os 3.336 milhões de euros. Na América Latina (-19,5%), na Ásia, Médio Oriente e África (-5,3%) e na Europa (-1,6%), o negócio contraiu.

 

Todas as regiões a cair entre abril e junho

No segundo trimestre, as vendas caíram 2,5%, para os 5.031 milhões de euros, e o lucro encolheu 32,2%, para os 463 milhões de euros. Todas as regiões registaram tendências negativas, exceto, uma vez mais, a América do Norte, onde a Mondelez cresceu 17,3%. Na Europa, a queda foi de 4,9%.

Apesar dos resultados, Dirk Van de Put, CEO da multinacional norte-americana, afirma estar satisfeito com o desempenho no segundo trimestre, dado o ambiente difícil. Face ao futuro, antecipa uma manutenção da incerteza e volatilidade, graças à Covid-19, mostrando-se, não obstante, confiante na estratégia.

Publicidade

El Corte Inglés

El Corte Inglés consegue os melhores resultados dos últimos 10 anos

Efterträda

IKEA lança a sua primeira coleção de roupa