in

Mercado de produtos dietéticos em crescimento

Os dados provisórios para o final de 2017 indicam que as vendas de produtos dietéticos registaram um crescimento de 7% no mercado espanhol em relação ao ano anterior, atingindo 965 milhões de euros.

De acordo com o Observatório Sectorial DBK, a situação económica favorável, o crescimento da procura por este tipo de produtos e a maior acessibilidade da população, causada pela diversificação dos canais de comercialização, são alguns dos fatores que explicam esta tendência.

Por segmentos de produtos, o mercado de suplementos alimentares tem o maior peso específico, tendo atingido 350 milhões de euros, 39% do mercado total. Em segundo lugar, posiciona-se o segmento de alimentos para distúrbios metabólicos, com 29% do mercado total e um valor de 260 milhões de euros. Por outro lado, as vendas de dietas hipocalóricas atingiram os 125 milhões de euros, representando 14% do total, enquanto as de alimentos dietéticos atingiram 100 milhões de euros, sendo a sua participação de 11%. Finalmente, o segmento de ervas medicinais gerou um volume de negócios de 65 milhões de euros, 7% do mercado total.

O estudo indica ainda que a tendência de reforçar as estratégias de expansão internacional continuou a traduzir-se num aumento da propensão à exportação das principais empresas. Há uma tendência de crescimento no número de operadores, com a entrada de novas empresas nos últimos anos, atraídas pelo dinamismo do mercado e pelo alto potencial de crescimento do consumo destes produtos.

Apesar do aumento do número de concorrentes, na sua maioria pequeno, o sector continua a mostrar uma marcada concentração. De facto, os cinco primeiros operadores representam um terço do mercado, enquanto a participação dos 10 primeiros atinge 50%.

Publicidade

Mercado único da União Europeia faz 25 anos

Vanish oferece barras de ouro