in

Meatless Farm inaugura unidade de produção na Europa

Estrutura permitirá um aumento global de 25% da capacidade de produção da Meatless Farm e da subsidiária Lovingly Made Ingredients

Morten Toft Bech, fundador da Meatless Farm

A Meatless Farm, marca de produtos de base vegetal presente em Portugal desde fevereiro, acaba de inaugurar uma unidade de produção na Europa. Situado em Almere, nos Países Baixos, este novo centro permitirá intensificar a distribuição de produtos nos canais de retalho e restauração, assim como acelerar o processo de desenvolvimento de novos produtos da marca.

O investimento surge em conjunto com a Lovingly Made Ingredients (LMI), subsidiária lançada no início deste ano com vista a produzir “proteína vegetal texturizada”, não apenas a que serve de matéria-prima para os produtos Meatless Farm, mas, também, proteína customizada para outras marcas, de forma a que estas possam, igualmente, criar os seus próprios produtos alternativos à carne.

O novo centro irá permitir um aumento de 25% da capacidade de produção anual do grupo, assegurando parte da produção dos hambúrgueres, picado, salsichas, nuggets, entre outras versões de base vegetal da gama Meatless Farm, assim como de “proteína vegetal texturizada”.

 

Procura a aumentar

Ao mesmo tempo, a nova unidade de produção será partilhada com o grupo europeu de alimentos Van Loon, que terá, neste local, a sua primeira operação de produtos de base vegetal. A aposta representa mais um passo da Meatless Farm no sentido de capitalizar as previsões que indicam um aumento da procura por proteína vegetal, a qual deverá multiplicar-se por sete até 2025, alcançando um valor de mercado a rondar os 290 mil milhões de dólares, em 2035, o equivalente a 11% do mercado de proteína animal.

Morten Toft Bech, fundador da Meatless Farm, afirma que “a quantidade de proteína alternativa consumida globalmente no ano passado foi equivalente a cerca de 2% do mercado de proteína animal. A procura de alternativas de carne vegetal está a aumentar e, deste modo, colocamo-nos numa posição privilegiada para responder à crescente procura, nomeadamente, por parte dos nossos parceiros na Europa”.

O responsável acrescenta, ainda, que “desde a fundação, o objetivo da Meatless Farm, a longo prazo, passa por moldar um novo sistema alimentar global, nutrindo o planeta e democratizando a proteína vegetal nas refeições. A abertura do centro europeu da Loving Made Ingredients é um passo significativo para garantir a sustentabilidade da cadeia de abastecimento do grupo, no futuro”.

 

Segundo centro de produção de proteína vegetal 

Este novo hub europeu prossegue a inauguração da principal fábrica de proteína vegetal da Meatless Farm, que ocorreu no início deste ano, juntamente com o lançamento da LMI. A unidade, instalada em Calgary, no Canadá, foi a primeira a inaugurar naquele país, tendo em conta a sua atividade e escala, e encontra-se no centro da estratégia de longo prazo da Meatless Farm, a qual procura tornar a sua cadeia de abastecimento o mais sustentável possível.

Por outro lado, a Meatless Farm pretende, também, democratizar o acesso a proteína vegetal para que mais fabricantes possam entrar no mercado de alternativas à carne, segmento em franco crescimento.

A nova instalação europeia dá, assim, seguimento à rápida expansão da empresa criada em 2016 por Morten Toft Bech. A infraestrutura europeia representa o segundo local de produção detido pela empresa com capacidade para processar “proteína vegetal texturizada”.

A Meatless Farm é, atualmente, uma das marcas líderes no mercado de produtos de base vegetal, estando presente em mais de 20 países com várias linhas de produto, disponíveis em grandes cadeias de supermercados, como Tesco, Sainsbury’s ou Whole Foods, assim como em icónicas cadeias de restaurantes, como a Nathan’s Famous ou a Pret A Manger. Em Portugal, os profissionais podem encontrar os produtos da Meatless Farm nas lojas Recheio, bem como através do serviço Masterchef da mesma cadeia grossista. Já os consumidores em geral têm acesso à marca através das lojas EasyGreen e Green Beans.

Publicidade

Mercadona

Mercadona abre o primeiro supermercado em Guimarães

Paladin Santos Populares

Paladin leva os Santos Populares a casa dos lisboetas