in

Marketplaces beneficiam da pandemia

Foto Shutterstock

Os marketplaces registaram um crescimento até 37,5% na Europa, em resultado da pandemia de Covid-19, de acordo com a segunda edição do ” Top 100 Cross-Border Marketplaces Europe “. São de assinalar as subidas de OLX, Uber Eats e Zalando.

O comércio eletrónico transfronteiriço na Europa, incluindo o Reino Unido, a Suíça e a Noruega, representou um volume de negócios de 198,5 mil milhões de euros, em 2020 (excluindo as viagens), dos quais 115,4 mil milhões, ou 58%, foram gerados pelos marketplaces.

 

Top 10

O top 10 é composto por plataformas bem conhecidas, como eBay, AliExpress e Amazon. Mas é de destacar o forte crescimento das plataformas C2C focadas em produtos em segunda mão e vintage, casos do OLX, que entrou no top 10, e da app de moda Vinted.

Também no sector da moda, a Zalando experimentou um crescimento de 30,4% no ano fiscal de 2020, com 10,6 mil milhões de euros em vendas e mais de cinco mil milhões de euros em vendas transfronteiriças na Europa. A base de clientes ativa cresceu 25%, para 38,7 milhões de utilizadores, e a Zalando pretende agora captar 10% do mercado europeu de moda.

A entrega de alimentos também teve um forte desempenho em resultado das medidas para conter a Covid-19, com a Uber Eats a entrar também no top 10.

Publicidade

cartões

Consumo recupera no verão de 2021

Continente do Bebé

BabyBox e Continente do Bebé lançam edição limitada