in

A pegada ambiental do e-commerce

eBay é o mercado mais sustentável da Europa

Os sites de venda em segunda mão têm uma menor pegada ambiental, segundo o primeiro ranking sobre o desempenho sustentável do e-commerce, publicado pela Cross-Border Commerce Europe, plataforma que pretende estimular o comércio eletrónico transfronteiriço na Europa.

O marketplace internacional mais sustentável em atividade na Europa é o norte-americano eBay. Em segundo lugar está posicionada a Redbubble, uma plataforma originária na Austrália, que permite a artistas e designers venderem, a nível mundial, as suas criações. Em terceiro vem a Etsy, marketplace dedicado aos produtores artesanais e vintage.

 

Domínio norte-americano

O facto do eBay liderar não surpreende. Graças ao seu foco na venda de produtos em segunda mão, cerca de 16% das suas receitas são sustentáveis.

A Amazon, por seu turno, foca-se na venda de novos produtos, o que faz com que o seu modelo de negócio tenha uma pontuação abaixo da média. Não obstante, a empresa de Jeff Bezos ainda se classifica na quinta posição, graças aos seus claros objetivos em termos ambientais, que envolve os seus armazéns, as frotas, os materiais sustentáveis, os produtos e as embalagens.

As empresas norte-americanas dominam o top 10. O marketplace europeu melhor classificado é o bol.com, que figura no oitavo lugar. O francês Lebocoin, o alemão Spreadshirt, a britânica ASOS e a Fnac também figuram no top 15. A Zalando, Farfetch e a Lyst completam o top 20.

O estudo tem em consideração todos os tipos de plataformas online a operar na Europa, de todos os sectores, exceto viagens.

 

Emissões de carbono

Dos 100 marketplaces que figuram no ranking, 40% tem objetivos de sustentabilidade claros e ambiciosos. 70% aderiu a etiquetas ecológicos ou certificados de sustentabilidade. A equipa de pesquisa comprou e analisou produtos à venda nestas plataformas e concluiu que 27% do abastecimento pode ser considerado sustentável.

Os marketplaces viram um aumento de 60% nas pesquisas de produtos ecológicos e amigos do ambiente no ano passado. Os compradores pesquisam mais frequentemente por produtos biodegradáveis, reutilizáveis e vintage, contudo, apenas 40% do top 100 pretende vender, pelo menos, 20% de produtos e serviços sustentáveis, em 2025.

As plataformas preferem trabalhar com empresas de logística sustentáveis, mas apenas 10% não abdica do transporte aéreo. A pegada média do transporte por item entregue, na Europa Ocidental, é de 4,53 quilogramas de CO2 na Amazon, três vezes mais que os 1,5 quilogramas de CO2 do eBay.

Publicidade

China

Alibaba aumenta vendas em 34%

redes

Eurohubs da Dachser garantem ligação de toda a rede europeia